JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 06 de julho de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

GERAL

Outra loja da Havan é interditada em Minas Gerais

29/05/2020 - 00:00:00.

Foto/Divulgação/Prefeitura de Juiz de Fora

Mais uma loja de departamento Havan foi interditada em Minas Gerais. Além dela, a Prefeitura de Juiz de Fora também interditou uma loja Americanas na cidade. Os estabelecimentos foram fechados nessa quarta-feira (27) e, caso descumpram a ordem para manter as portas fechadas, ficarão sujeitos a multa de aproximadamente R$ 48 mil. Ambas descumpriram decreto com normas para prevenção do coronavírus.

Leia também: Dos dois estabelecimentos interditados pela PMU, só a Havan continua fechada

Segundo a Prefeitura de Juiz de Fora, os estabelecimentos com mais de uma atividade licenciada e prevista no Cadastro Nacional de Atividades Econômicas (Cnae) somente poderão funcionar se todas elas estiverem expressamente autorizadas pela “onda verde”, ou, pelo menos, a maior geradora da receita da empresa. A “onda verde” proposta pelo governo de Minas prevê a reabertura gradual de serviços considerados essenciais.

De acordo com o Departamento de Fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (Semaur), a fiscalização notificou a loja por não se enquadrar no que é permitido funcionar. Ainda segundo a Semaur houve resistência e foi necessário auxilio da Guarda Municipal. A Havan possui 14 atividades econômicas licenciadas. Apesar de eles terem colocado alguns produtos alimentícios para vender, a prática não é a principal atividade econômica da loja.

A Lojas Americanas no calçadão da rua Halfeld, por sua vez, foi interditada também por descumprir a notificação. Já a da avenida Presidente Itamar Franco fechou as portas diante da ação fiscal, não sendo necessária a interdição.

*Com informações O Tempo
 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia