JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 21 de outubro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

GERAL

Surto de dengue: Minas tem quase 1.500 notificações a mais da doença

São 423.317 casos registrados no mês e nove óbitos até o balanço divulgado ontem

26/06/2019 - 00:00:00.

Desde o início do ano, Minas Gerais registrou 423.317 casos prováveis de dengue – entre confirmados e suspeitos – e 86 mortes pela doença. O número mostra que, nos últimos sete dias, houve um aumento de 1.485 notificações da enfermidade e a confirmação de nove óbitos. Os dados são da Secretaria de Estado de Saúde (SES) e foram divulgados na manhã de terça-feira (25).

Conforme o levantamento, Uberlândia (16), Betim (13) e Belo Horizonte (12) lideram o ranking das cidades com mais mortes pela doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. Outros 28 municípios mineiros também tiveram óbitos por dengue em 2019.

E o número de vítimas que faleceram em decorrência da enfermidade pode ser ainda maior. Outras 137 mortes com suspeita da doença estão sendo investigadas pela secretaria.

O balanço da SES também mostra que o surto de dengue no Estado ocorreu nos meses de abril e maio, quando foram registrados 150.119 e 124.401, respectivamente, casos da doença. Em junho, até o momento, o governo foi notificado de 8.817 casos de dengue. Essa é a segunda maior epidemia de dengue já registrada no Estado. Segundo a SES, apenas em 2016 houve mais pessoas infectadas: 519 mil.

O levantamento ainda informa que o Estado registrou 2.510 casos prováveis da febre chikungunya e um óbito está em investigação. Já em relação à Zika, foram registrados 1.231 casos prováveis, sem registro de mortes.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia