JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 18 de agosto de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

GERAL

Receita Federal faz leilão com smartphones e outros eletrônicos

Primeira fase do pregão eletrônico vai até dia 24 de junho e tem smartphone da Xiaomi por a partir de R$ 180

12/06/2019 - 00:00:00. Última atualização: 12/06/2019 - 14:11:53.

Foto/divulgação

Lote 77 da Receita Federal com um PS4

A Receita Federal abriu um leilão online de 122 lotes com produtos apreendidos nos portos de Belém (PA) e Manaus (AM). Entre os aparelhos que podem ser arrematados estão celulares de marcas como Xiaomi, Apple e Samsung, consoles PS4 e outros eletrônicos a preços abaixo do mercado. No lote 113, por exemplo, o Mi 8 Lite sai por a partir de R$ 180. Há ainda veículos usados, bicicletas e até uma pedra de ouro em lotes destinados para pessoas físicas.

Um ponto importante é que a Receita Federal não se responsabiliza pelo frete, sendo necessário retirar o produto no local ou contratar alguma empresa que faça o transporte. Devoluções também não são aceitas e os aparelhos não têm garantia para possíveis defeitos.

Qualquer pessoa física com mais de 18 anos, CPF válido e com certificado digital e-CAC da Receita Federal pode dar lances. Dos 122 lotes à disposição, 72 podem ser arrematados por esse tipo de modalidade. Vale ressaltar que o edital veta a comercialização futura dos produtos adquiridos por pessoas físicas. Já para pessoas jurídicas, é necessário ter um CNPJ válido e estar regularizado com a Receita Federal.

A fase de recebimento de propostas já está em andamento e deve seguir até o dia 24 de junho, às 18h. O leilão acontece no próximo dia 25, às 16h, no site oficial do órgão federal. É possível agendar uma visita para verificar os produtos pessoalmente nas sedes da Receita Federal em Belém (PA), Boa Vista (RR), Macapá (AP), Manaus (AM), Porto Velho (RO) e Rio Branco (AC).

Os produtos

Os smartphones Xiaomi apreendidos são do modelo Mi 8 Lite de 128 GB, com valor inicial de R$ 180 (lote 113). Vale lembrar que, no varejo brasileiro, esse mesmo celular custa a partir de R$ 1.437,22, segundo o Compare Techtudo. Há ainda um Mi A2 por R$ 250 (lote 116), enquanto o aparelho sai por pelo menos R$ 990 nas lojas online. Destacam-se também o iPhones XS de 64 GB, ofertado por a partir de R$ 850 (lote 118) – e que custa cerca de R$ 5 mil no comércio eletrônico –, e o iPhone 7 Plus, com lances a partir de R$ 350 (lote 122) e que no mercado online aparece por cerca de R$ 3 mil.

Há ainda um iPad de 128 GB por R$ 950 (lote 108) – a Receita Federal não especifica o modelo do tablet –, e um PS4 com controle e jogos por R$ 800 (lote 79), sendo que, no e-commerce, apenas o console sai por a partir de R$ 1.745, de acordo com o comparador de preços do TechTudo. Também estão disponíveis lotes com mais de um produto, como é o caso do número 100, que traz uma câmera Canon T6i e um HD externo de 160 GB por R$ 480. O lote 112 é outro com mais opções, com cinco celulares Xiaomi e um relógio de pulso, além do lote 39, contando com com smartphones Samsung Galaxy J7, caixa de som e câmera GoPro Hero5 Black por R$ 420.

Grande parte dos lotes estão disponíveis para pessoas físicas, mas muitos são exclusivos de pessoas jurídicas. É o caso do número 53, com Xbox One, Apple Watch, 152 HDs externos, câmera GoPro Hero5 Black, entre outros, saindo por a partir de R$ 1.200. Já o lote 49 conta com 50 unidades de HDs da Seagate por R$ 2.200. Vale ressaltar que os preços disponíveis no site da Receita Federal correspondem ao valor mínimo para cada lote, e não existe um preço máximo no leilão.

O processo

O pregão é dividido em duas fases. Na primeira, os participantes devem fazer uma proposta de valor de compra no site da Receita Federal até às 18h do dia 24 de junho. Nessa parte, os usuários dão sugestões de lances, com limite de um por lote. Também é possível desistir do leilão, se for o caso.
Só passa para a próxima fase o participante que der um lance até 10% menor do que a melhor proposta. Por exemplo: se um lote atingir a proposta máxima de R$ 2.000, apenas os que deram lances acima de R$ 1.800 poderão participar do pregão online, que acontece no dia 25 de junho, às 16h. Ao fim do leilão, o vencedor precisa realizar o pagamento em até um dia após a confirmação do arremate – o prazo máximo é de 20 dias, com acréscimo de multa. Passado esse prazo, o produto entra novamente em leilão.

*Com informações Tech Tudo 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia