JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 28 de março de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

GERAL

Nutricionista explica os benefícios da alimentação com mantimentos integrais

Por ser rico em fibras, o alimento integral limpa o organismo e ajuda a retirar a gordura, os açúcares e as toxinas do corpo

Última atualização: 14/01/2018 - 12:24:20.

Reprodução

Por ser rico em fibras, o alimento integral limpa o organismo e ajuda a retirar a gordura, os açúcares e as toxinas do corpo

Os alimentos integrais são fontes de diversos nutrientes, tais como, a vitamina E, vitaminas do complexo B e minerais: como o selênio, zinco, cobre, ferro, magnésio e fósforo. Esses mantimentos podem ser incluídos diariamente na dieta ao optar pelo consumo de arroz integral, granola e outros grãos integrais, a exemplo da aveia. As massas e pães brancos devem ser substituídos pelas versões integrais.

De acordo a nutricionista Cristiane Botelho, os alimentos integrais possuem uma grande quantidade de fibras, que absorvem água formando uma espécie de gel no estômago, ficando lá por mais tempo, causando a sensação de saciedade, ou seja, "matam a fome" por mais tempo. “Para quebrar a fibra do alimento é necessário mastigá-lo mais vezes, facilitando a digestão e maior aproveitamento dos nutrientes. O processo de mastigação ajuda também ajuda a ativar a sensação de saciedade”, explica.

Em relação às questões calóricas, os alimentos integrais e refinados possuem quase o mesmo valor energético. A diferença está na composição nutricional entre eles. Os integrais por não passarem pelo processo de refinamento, mantém suas características originais, preservando sua propriedade nutricional, enquanto os refinados perdem, durante o processo industrial, boa parte dos nutrientes e fibras que possuem. Contudo, é essencial a ingestão de água, para evitar problemas de constipação.

Benefícios. Os alimentos integrais, também, ajudam no tratamento ou prevenção de doenças, pois preservam os minerais e vitaminas em sua composição, e pela riqueza em fibras que contribuem para melhorar o bom funcionamento do intestino e do organismo como um todo.

Fonte: Assessoria de Imprensa Universidade Univeritas

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia