JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 31 de maio de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

GERAL

Especialista explica mitos e verdades sobre anticoncepcional e trombose

Risco de desenvolver trombose é proporcional aos valores do hormônio estrogênio da fórmula da pílula

- Por Letícia Morais Última atualização: 03/12/2017 - 08:52:15.

Foto/Reprodução

 

Para mulheres com risco de trombose, a ginecologista Paula Lenza orienta usar métodos à base de progesterona

O medo de desenvolver trombose por conta do uso de anticoncepcional faz com que muitas mulheres se preocupem quanto ao tipo de pílula usado e até busquem outros métodos contraceptivos. A ginecologista Paula Árabe Lenza afirma que o uso de anticoncepcionais orais aumenta de 3 a 6 vezes o risco de desenvolver trombose venosa, que é a formação de coágulo dentro de uma veia, obstruindo total ou parcialmente o fluxo de sangue.

Entretanto, a especialista considera ser importante ter em mente que o risco de ter trombose usando anticoncepcional ainda é baixo quando comparado, por exemplo, ao desenvolvimento da doença durante uma gestação, quando há 200 vezes mais chance de acontecer em mulheres grávidas do que entre as que usam anticoncepcional. Segundo Paula Lenza, qualquer contraceptivo hormonal, seja em forma de pílula, injeções ou adesivos, causam este efeito. “Isso ocorre porque contém a associação dos hormônios estrogênio e progesterona, que, ao impedirem a gravidez, acabam por interferir nos mecanismos de coagulação”, esclarece.

Paula Lenza argumenta que o risco de desenvolver trombose é proporcional aos valores de estrogênio da fórmula. Portanto, quanto maiores os valores de estrogênio maior a chance de desenvolver trombose.

Para as mulheres com risco aumentado de trombose, Paula Lenza destaca a necessidade de se usar métodos à base de progesterona, incluindo aqui a pílula, implante ou mirena (sistema intrauterino), ou então métodos sem hormônio, como preservativo ou dispositivo intrauterino (DIU) de cobre.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia