JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 30 de março de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

GERAL

Talibinha é absolvido de acusação

Ex-prefeito Otaliba Junior vinha sendo alvo dos opositores, pelo incêndio de ambulância

- Por Gislene Martins Última atualização: 25/08/2009 - 22:47:34.

Não há procedência em processo crime atribuído ao ex-prefeito de Campo Florido, Otaliba Júnior de Melo, processado na 1ª Vara Criminal de Uberaba, por suposto crime de responsabilidade, previsto no Decreto-Lei 201/67.

“Talibinha”, como é conhecido, acaba de ser absolvido na ação penal de autoria do Ministério Público, acionado pelo atual prefeito daquela cidade.

Nada de ilícito foi constatado no episódio envolvendo uma ambulância doada pelo governo de Minas à Prefeitura de Campo Florido, em 2005, consumida posteriormente por um incêndio. O ex-prefeito acabou inocentado.

Conforme a denúncia levada ao MPE em janeiro de 2008, o veículo Fiat  Ducato, de grande porte, doado pelo governo estadual, teria custado aos cofres públicos R$ 76.675,29. Na época foi providenciado seguro do BM junto à empresa Itaú Seguros. Com o incêndio ocorrido na garagem da Secretaria Municipal de Saúde, em junho de 2006, a Ducato foi consumida pelas chamas.
Dois meses após, a prefeitura recebeu da seguradora R$ 59.752,00, montante que teria entrado no caixa da municipalidade para pagamentos diversos. Entretanto, Talibinha demonstrou ter adquirido outro veículo, aliás semelhante ao anterior, mas sem os equipamentos da ambulância, em razão de ser menor o valor pago pelo seguro. Demonstrou ainda que a Ducato também foi destinada para a saúde pública, ainda que não fosse ambulância, como no convênio com o governo estadual.

Na sentença, a denúncia foi julgada como improcedente, e o juiz Ricardo Motta citou a farta documentação juntada pelo réu no processo, deixando claro que sequer ficou rovado que o então prefeito tivesse desviado ou aplicado indevidamente o prêmio do seguro recebido.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia