JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 08 de dezembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

GERAL

Atendimento a famílias de alunos com deficiência deverá ser ampliado em 2017

Grupo de Apoio à Família é direcionado aos pais e responsáveis pelas crianças e adolescentes da rede municipal de ensino

Última atualização: 16/11/2016 - 10:01:55.

 O Centro de Referência em Educação Inclusiva (Crei) de Uberaba realiza atendimento multiprofissional a alunos com deficiência das escolas municipais da cidade, encaminhados pelas salas de Atendimento Educacional Especializado (AEE). A coordenadora Maria Afonsina Colavolpe afirma que houve necessidade de abranger também as famílias que aguardam o atendimento das crianças e adolescentes. Neste contexto, surgiu o “Grupo de Apoio à Família” (GAF), que é uma proposta do Departamento de Educação Inclusiva, com direcionamento aos pais e responsáveis pelas crianças e adolescentes com deficiência da Rede Municipal de Ensino.

Os encontros acontecem mensalmente com duas horas de duração e é mediado pelas três psicólogas do Centro de Referência em Educação Inclusiva e pela coordenadora da instituição.

“O projeto tem como proposta o fortalecimento socioemocional das famílias. Os encontros oferecem momentos para a interação entre familiares ou responsáveis que vivenciam questões similares e possibilita o acolhimento de suas dificuldades e angústias e uma melhor compreensão do comportamento de seus filhos”, diz Afonsina. Além disso, o GAF busca também estimular e fortalecer a autonomia e independência das crianças e adolescentes por meio da orientação aos familiares e responsáveis.

O projeto, no ano de 2016, está sendo realizado em três unidades escolares da Rede Municipal de Ensino servindo como polo para as demais, de acordo com o zoneamento geográfico e tem como meta o atendimento à quarta unidade a partir de fevereiro de 2017.

Ela ainda complementa que, com as famílias emocionalmente fortalecidas a relação se torna mais transparente e efetivamente a parceria se consolida, trazendo resultados em qualidade de vida para as crianças/ adolescentes, tanto no ambiente familiar como nos diversos espaços que estabelecem relações na sociedade, principalmente a escola. “Em 2016, o resultado foi notório e por isso pretendemos dar continuidade no próximo ano, aumentando ainda o atendimento”, conclui.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia