Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
  | 
BUSCA:     
Você está visitando a Edição do dia 13/06/2017

 
CRNICA DO DIA
Tamanho do texto: A A A A
CRNICA DO DIA
13/06/2017

Compartilhar:



 
VENCENDO CATÁSTROFES

Há anos, uma catástrofe natural arrasou cidades da Ásia. Era Natal, tempo que deveria ser de alegria, confraternização e orações. As primeiras notícias causaram impacto num momento de relativa paz mundial: havia mais de uma centena de mortos. E, apesar de muitas pessoas sobreviverem seguindo o instinto dos elefantes (que buscam os lugares altos como abrigo), ao final, o número oficial de pessoas mortas chegou a duzentos mil.

Há seis anos, também no Natal, uma luta pelo poder deflagrou a guerra civil na Síria, com muitos mortos, incluindo crianças. Falta respeito pela vida humana nos lados do conflito: quinhentos mil mortos é um anúncio corriqueiro. Milhões de desabrigados. Milhões de refugiados enfrentando a morte em barcos precários que não atingem o destino. Cidades históricas e monumentos milenares arrasados por bombas que brotam de aviões e canhões, nos dois lados do conflito. O homem, que criou os monumentos e outras obras de arte nas cidades históricas, também os destruiu. Ao findar a guerra, as nações tentarão recompor-se e criar um clima para continuar a viver.

O Brasil também sofre agruras de guerra. De um lado, os que lutam pela punição aos corruptos e pelo fim da corrupção. Do outro, corruptos, que, sem escrúpulos, lesam as finanças do país, visando à vida boa paga com dinheiro alheio. Como não é luta armada, fica a impressão de que não há mortos nessa tragédia de proporção jamais vista no mundo. Grande equívoco. Os recursos do país, desviados para sustentar os corruptos e afins, deixaram de ser aplicados em necessidades básicas do povo, como saúde, educação, moradia, segurança e melhoria de estradas. Então, os corruptos provocaram mortes, sim, de brasileiros e estrangeiros que aqui vivem, todos homens de bem.

Aos sobreviventes desta catástrofe, os corruptos sempre causarão sofrimento imensurável, tanto físico quanto moral. O Brasil perdeu décadas de oportunidade de prosperidade e agora perde ainda mais tempo enquanto precisa desvendar crimes e descobrir os criminosos para puni-los. E, com certeza, nem todo o montante subtraído do povo será recuperado. Agora é possível confrontar a covarde mentira de muitos discursos eleitoreiros com os fatos recentes de desmascaramento dos corruptos.

Só o amor fraterno vence a exploração do homem pelo homem. Educar-se e abraçar regras de convivência são batalhas pessoais que, uma vez perdidas, roubam o direito à liberdade. Mas qualquer punição aos infratores é insignificante diante do prejuízo que eles causaram à sociedade. E essa punição em nada melhora o ânimo de quem teve seu direito roubado. Por isso, homens de caráter abominam o corrupto e, mais ainda, a desfaçatez do corrupto que se diz inocente. Basta de safadeza. O Brasil vencerá esta guerra.

Mário Salvador

 







Jornal da Manhã - 47 anos [ 47 ANOS ]


» O Jornal da Manhã
» Assine o Jornal da Manhã
» Classificados
» Fale Conosco
» Espaço do Leitor


Av. Dr. Fidélis Reis, 820 - Centro
Uberaba/MG - CEP 38.010-030
Telefone: (34) 3331-7900 - Fax: (34) 3321-8200
E-mail: jmonline@jmonline.com.br
Rádio JM Newsletter Newsletter RSS
AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2020