Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
  | 
BUSCA:     
Você está visitando a Edição do dia 13/05/2016

 
ALTERNATIVA
Tamanho do texto: A A A A
ALTERNATIVA
13/05/2016

Compartilhar:



Figurinhas carimbadas
Começou o governo Michel Temer e começou com um time de velhos conhecidos nos meios políticos, a ponto de dar a impressão de que pouco ou nada mudou. Voltam aos holofotes Sarney Filho (é aquele mesmo!), Gilberto Kassab, José Serra, Eliseu Padilha, Raul Jungman, Blairo Maggi, Gedel Vieira Lima, Helder Barbalho, Henrique Alves, Leonardo Piccianni... O que está aí é um ministério essencialmente político. E mais: um verdadeiro “clube do Bolinha”, que excluiu as representantes do sexo feminino no primeiro escalão. Tomara que as medidas na área econômica causem melhor impressão do que causou a composição da sua equipe de trabalho.

Cautela e caldo de galinha
Para o presidente da Associação Comercial e Industrial de Uberaba (Aciu), José Peixoto, ninguém deve esperar que as mudanças necessárias à retomada do crescimento venham num passe de mágica. As mudanças virão, mas não serão sentidas de imediato – avalia Peixoto. Por um lado, Temer está atrelado aos 180 dias de interinidade pelo afastamento da titular eleita pelo voto. De outro, não poderá enxugar demais a máquina administrativa, porque poderá perder apoio político. De qualquer forma, o presidente da Aciu se diz confiante no novo governo.

Música para os ouvidos

No seu primeiro pronunciamento como Presidente em exercício, Michel Temer acertou em cheio ao garantir a manutenção de programas sociais, como Bolsa Família, Fies, Minha Casa Minha Vida e outros. Segundo Temer, o que é bom tem de ser mantido e, se possível, aprimorado. Falou também que é hora de estabelecer as bases para o futuro, com reformas fundamentais e estruturantes, como, por exemplo, a revisão do pacto federativo. “Estados e Municípios precisam ganhar autonomia verdadeira”, disse.

Diálogo – “Legislativo e Executivo precisam trabalhar de forma integrada e em harmonia”, alfinetou Temer no seu pronunciamento, pegando exatamente no ponto fraco da Presidente afastada, pouco dada ao diálogo. Deixou claro que a governabilidade depende justamente desse entendimento entre os Poderes e com a sociedade.

Referências – Como era esperado, o Presidente em exercício enfatizou que é preciso dar todo o apoio à Lava Jato contra qualquer tentativa de enfraquecê-la. Segundo Temer, a operação “mãos limpas” iniciada em Curitiba é uma referência importante para a credibilidade das instituições no país.

Virando o jogo
Ainda no seu pronunciamento dessa quinta-feira, Temer lembrou os 11 milhões de desempregados, a inflação de dois dígitos, recessão, situação caótica da saúde pública. E considerou que o principal desafio de seu mandato será estancar o processo de queda livre na atividade econômica, que tem levado ao desemprego e à perda do bem-estar pela população. Para isso, ele destacou a necessidade de restaurar o equilíbrio das contas públicas. “Quanto mais cedo conseguirmos esse equilíbrio, mais rápido retomaremos o crescimento.” De cara, Temer determinou aos ministros que cortem cargos comissionados e enxuguem suas respectivas pastas.

Cortes adiados
Em razão da viagem do prefeito Paulo Piau nesse início de semana, a lista dos novos cortes nos quadros da PMU não foi publicada no “Porta Voz” dessa quarta-feira, como havia sido anunciado, mas o será no jornal oficial que circulará hoje. Haverá algumas republicações por incorreção, e novas exonerações, porém em número menor que a lista anterior.

Convocações
Devem começar as primeiras convocações dos aprovados no concurso público da PMU na edição de hoje do “Porta Voz”. De início serão chamados os aprovados de nível superior, exceto para os cargos de procurador e auditor fiscal, ainda não homologados.

Desburocratização
Instituto de Engenharia e Arquitetura entregou ontem ao prefeito Paulo Piau um estudo com sugestões para desburocratizar o processo de tramitação das obras nas diversas repartições municipais. A queixa é generalizada contra a demora na liberação de alvarás para construção e de habite-se, desmotivando o setor em Uberaba. As sugestões incluem o desenvolvimento de software específico para o tráfego das informações on-line, eliminando a papelada em forma de projetos, requerimentos etc. Tomara que dê certo!

Nível internacional
Jurista uberabense Lúcio Delfino vai participar como palestrante do XXVII Congresso Panamericano de Derecho Procesal, entre os dias 15 e 18 deste mês, no Panamá. O Congresso marca as comemorações dos 40 anos de fundação do Instituto Panamericano de Derecho Procesal. Além de Lúcio Delfino, foram convidados o ministro Castro Filho e os juristas Glauco Gumerato e André Vasconcelos, dentre outros.

“Relax”
Fim de semana chegando e o Centro de Lazer da Caixa de Assistência dos Advogados de Minas Gerais é o ponto de convergência dos advogados e seus familiares para o merecido descanso. Quem não o conhece precisa saber que estrutura sensacional tem o Centro de Lazer, na rua Barão da Ponte Alta. Quadra esportiva coberta com arquibancada, piscina para adultos e outra só para as crianças, mesa de sinuca e de pingue-pongue, sauna seca e outra a vapor, bar, quiosque com churrasqueira em alvenaria e fogão a lenha. Um show!







AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2020