COMBATE

Funed mantém esforços para exames de dengue, zika e chikungunya em MG

Tito Teixeira
Publicado em 18/05/2024 às 17:50
Compartilhar

Mesmo com o início do outono e consequente diminuição das chuvas no estado de Minas Gerais, o cenário das arboviroses ainda indica que a epidemia não chegou ao fim. A Fundação Ezequiel Dias (Funed), onde está localizado o Laboratório Central de Saúde Pública de Minas Gerais (Lacen-MG), informa que os esforços ainda se concentram para processar e liberar os diagnósticos das centenas de amostras para testagem de dengue, zika e chikungunya, que ainda chegam diariamente.

Em Uberaba, por exemplo, são mais de 13.045 mil notificações de casos de dengue desde o início do ano, conforme dados do Boletim Epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), porém, o número de casos confirmados é de 904. Não há registro de mortes em decorrência da doença no município.

A Funed diz que diversas medidas foram adotadas ao longo do ano para dar celeridade ao processo de recebimento das amostras, processamento e liberação dos resultados. Entre eles está a contratação de 26 profissionais de saúde, em caráter emergencial e a ampliação do horário de funcionamento dos laboratórios de análise, inclusive em período noturno, algo inédito na Funed até então. Desde o início do ano, a Funed recebeu mais de 185 mil amostras para diagnóstico de arboviroses, sendo 16.644 em janeiro; 52.701 em fevereiro; 46.227 em março, e 70.289 em abril. Números esses que representam 165% do percentual de amostras recebidas em todo o ano de 2023 para o diagnóstico das arboviroses, que também foi considerado epidêmico para as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti.

Antes mesmo de realizar a contratação dos novos profissionais, a Funed garante que contou com a colaboração de diversos servidores para atuarem nas forças-tarefas. Servidores esses que vieram de diferentes áreas da instituição e receberam a liberação de suas chefias para cumprirem não apenas a jornada de trabalho habitual, como horas-extras em dias úteis e nos fins de semana e feriados.

O Serviço de Gerenciamento de Amostras Biológicas da Funed informou que somente em um sábado, no fim de março, que foi um dos períodos mais críticos da epidemia, foi possível conferir cerca de 19.700 amostras e realizar cerca de 3.800 triagens.

A Funed diz ainda que recebeu apoio da Coordenação Geral de Laboratórios de Saúde Pública e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), para o envio de amostras para serem analisadas nas centrais de testagem do Ministério da Saúde.

Em um levantamento de dados recente, apontou que a produção analítica (582.044 testes realizados) da área de epidemiologia e controle de doenças do Lacen-MG em 2024, de janeiro a abril, corresponde a 135% de toda a produção analítica realizada pelos mesmos laboratórios durante todo o ano de 2019 (431.513 testes realizados).

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Logotipo JM Magazine
Logotipo JM Online
Logotipo JM Online
Logotipo JM Rádio
Logotipo Editoria & Gráfica Vitória
JM Online© Copyright 2024Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por