JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 20 de março de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Alexandre Pereira CÁ ENTRE NÓS 09/01/2019

Foto/Facebook
Junior Venutto agradeceu nas redes sociais pelo desrespeito ao comércio, lembrando que a obra era para ser entregue no dia 15 de dezembro

Não aguentam mais
Comerciantes da Praça Rui Barbosa se cansaram da demora na conclusão das obras de revitalização. Eles reformaram a fachada, como foi exigido pelo município, e até mesmo o interior dos estabelecimentos, mas as obras não avançam. Pedriscos foram colocados na calçada na entrada das lojas, danificando o piso reformado. Apenas uma pessoa passa de cada vez. Os prejuízos se avolumam, com a queda no movimento e, consequentemente, nas vendas. E indagam até quando vão enfrentar essa demora?

Alô, fiscalização
O Procon deve fiscalizar com rigor as promoções diárias de supermercados. Os clientes são atraídos pelos preços, mas, quando chegam às lojas, não encontram os produtos anunciados. No caso de frutas e verduras, a qualidade e os estoques não suprem a demanda. Na segunda-feira (7), a unidade do SuperMax do bairro Fabrício não tinha mais água sanitária anunciada em folheto. Alegação era de que uma cliente levou todo o estoque.

Burocracia
Os contribuintes que têm ido ao Centro Administrativo para emissão dos boletos de pagamento do IPTU estão sendo surpreendidos. É que apenas os documentos para quitação à vista são emitidos na hora. Quem opta pelo parcelamento do imposto volta para casa sem as guias. A Secretaria de Finanças decidiu que a emissão dos boletos para pagamento parcelado só vai começar no dia 12 de fevereiro.

Forçando a barra
A Caixa Federal está obrigando os trabalhadores que têm conta salário na agência da avenida Leopoldino de Oliveira a imensa fila e perda de tempo. A instituição mudou a forma de pagamento. Ao invés de irem direto ao caixa para receber os salários, as pessoas são obrigadas a enfrentar fila para que gerente emita cheque de compensação. Em seguida, são obrigadas a pegar nova fila para sacar o dinheiro. Os descontentes entendem que o banco está fazendo isso para que abram contas bancárias, onde são obrigados a pagar taxa mensal pelos serviços.

Assim não dá
Pelo segundo dia consecutivo, a Cemig deixou os moradores de Peirópolis sem energia. Na segunda-feira (7), a interrupção começou cedo e a religação só foi feita após as 18 horas. Logo depois, às 22 horas e pouco, ocorreu novo desligamento e a retomada do fornecimento aconteceu apenas por volta das 11 horas de ontem.

Repercussão
Motorista de aplicativo concorda que pessoas pedindo ajuda nos semáforos é uma situação que incomoda. Ele confirma que uma família inteira, cada dia com uma camiseta colorida, age por uma causa diferente (reabilitação de drogados, reabilitação de alcoólatras, orfanato, asilo). Diariamente, é abordado por eles até cinco vezes no mesmo semáforo. Na Medalha, a mulher pede insistentemente. Na última vez, após três negativas, ela já com a cabeça dentro do veículo, para ver o que tinha dentro, teve a audácia de pedir o pacote de bolachas que ele tinha acabado de comprar para o lanche. Ainda segundo o motorista, essa situação incomoda tanto quanto os flanelinhas, malabaristas com facas e cones e pedintes na rodoviária.

Denúncia
Vereador conhecido como João Neguinho denunciou ao Ministério Público que a Câmara Municipal de Delta tinha reduzido o horário de funcionamento para 6 horas diárias, há cerca de 2 anos, sob o argumento de diminuição de gastos. Ele alegou que a redução dificulta o acesso da população, pois a Câmara só funciona das 7 às 13 horas, e que os servidores, que deveriam cumprir jornada de trabalho de 40 horas semanais, ou seja, 8h/dia, estão cumprindo apenas 6h/dia. Estão “ganhando” duas horas pagas pelo dinheiro público sem realizar suas funções.

Opinião do leitor
Cinthia Costa Valim declara que a pergunta que não cala nas rodas da cidade é: por que a prefeitura insiste em não adotar faixa compartilhada na avenida Leopoldino de Oliveira, entre os ônibus do BRT e veículos, liberando, assim, estacionamento em alguns pontos da via? Segundo ela, o comércio e os moradores da região central ficariam muito agradecidos, argumentando que, se na Guilherme Ferreira e Bento Ferreira existe o compartilhamento de faixas em vários pontos e estacionamentos, por que não na Leopoldino? A leitora salienta que isso é incoerente, desejando que o prefeito possa ter sensibilidade em 2019 para ajudar o centro da cidade.

Ti-ti-ti
- Grupos de WhatsApp estão propondo que os uberabenses boicotem o sistema de estacionamento rotativo, parando seus veículos em estacionamentos particulares.
- O professor e pedagogo Aleff Madruga coloca-se como mais um nome novo para prefeito em 2020.
- Não foram apenas dois parquímetros que deram problema no primeiro dia de funcionamento, mas 11. Ontem, equipamentos continuavam fora do ar. De acordo com a empresa EXP, operadora de celular foi acionada para melhorar o sinal.
- Até ontem o nome de Marilda Ribeiro não tinha sido publicado para reassumir a Superintendência Regional de Ensino.

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia