JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 17 de junho de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Alexandre Pereira CÁ ENTRE NÓS 04/01/2019

Ainda no comando
Apesar da posse de Ismar Marão (PSD) e da nova Mesa Diretora, Luiz Dutra (MDB) continua no comando da Câmara Municipal juridicamente até o dia 18. Ele e sua equipe estão cuidando dos fechamentos contábeis e financeiros. Ismar contou que está conhecendo a realidade administrativa da Casa e seu propósito é valorizar os servidores efetivos no preenchimento dos cargos comissionados.

Retorno
O ambientalista Celso Provenzano postou nas redes sociais que recebeu resposta do governador Romeu Zema em relação à proposta do projeto Estrada Real Anhanguera e Picada de Goiás, que inclui Uberaba e região. Ele agradeceu o apoio do dirigente do partido Novo, Daniel Angotti, e de outros, na busca da validação e do reconhecimento da proposta pelo Estado. Os recursos serão captados junto à iniciativa privada para a sinalização.

Tudo normal
Oficial negou que a Polícia Militar estivesse com os estoques de combustíveis reduzidos no último fim de semana, afetando os serviços de patrulhamento em Uberaba, principalmente na zona rural. Em nota, a prefeitura disse que, nem por meio da Secretaria de Administração e nem pela Secretaria Defesa Social fornece combustível para a Polícia Militar. Não há nenhum convênio nesse sentido. O atendimento de combustível é para a frota da prefeitura. Só lembrando que o único convênio do município com a PM é o de videomonitoramento Olho Vivo, que custa a R$800 mil/mês aos cofres municipais.

Retenção
Ainda sob os holofotes da posse, o governador Romeu Zema (Novo) não cumpriu o compromisso de repassar a cota-parte semanal do ICMS às prefeituras. A prática vinha sendo feita pelo ex-governador Pimentel (PT), deixando um rombo nas contas dos municípios. A transferência é feita toda terça-feira, mas não estava no site da Secretaria do Tesouro Nacional até ontem, dificultando aos prefeitos fazer o pagamento da folha dos servidores municipais e do 13º salário de alguns.

Mais
O dia 31 de dezembro foi a última chance de o Governo de Minas quitar a dívida acumulada com os municípios e acabar com o ciclo de confiscos dos repasses constitucionais. Porém, contrariando todas as esperanças dos gestores mineiros, o Estado repetiu a mesma prática ao repassar apenas uma parte dos impostos devidos no dia 26 de dezembro. Na transferência, os caixas das prefeituras receberam R$85 milhões do valor do repasse do ICMS, ou seja, R$68 milhões (líquidos). Já a transferência referente ao Fundeb foi de 25% do valor devido – R$17 milhões. Apesar desse repasse, a dívida do Governo do Estado com os municípios aumentou, uma vez que, no saldo devedor, há a incidência de juros e multas.

Oportunidade
Os Correios recebem, até o dia 8 de março, propostas de varejistas interessados em instalarem os canais de atendimento “Correios Aqui”. Nessa primeira fase, serão licitados 27 lotes em 11 Estados. O investimento mínimo é de R$10 mil para um contrato de cinco anos. Mais informações sobre o processo de seleção de parceiros podem ser obtidas no site dos Correios.

Opinião do leitor
Wagner Kisling diz que tudo neste País é prioridade, mas a principal é a geração de empregos. Nesse sentido, a construção do aeroporto de cargas tem que ser a principal meta para 2019, porque vai viabilizar outros importantes em Uberaba. Ele defende a construção de mais unidades nos novos bairros.

Viralizou
Homem fazendo a limpeza da Praça João de Vito, no bairro Fabrício, ganhou as redes sociais, servindo de exemplo para outras regiões e pessoas. A comunidade estaria cansada de esperar pela manutenção da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos e agiu por conta própria.

Foto/José Rubens Bugiato Faria

A praça, localizada no final da rua Tiradentes, ganhou um novo visual com os cuidados dos moradores

Ti-ti-ti

- Os prefeitos aguardam com expectativa o repasse do ICMS, em função das boas vendas registradas nas festas de fim de ano.
- Ação interposta pela falta da prestação de serviços dos Correios nos novos conjuntos habitacionais foi feita pelo presidente da Cohagra, Marcos Jammal, ao Ministério Público Federal.
- O Estado devia, até 31 de dezembro, o total de R$12,2 bilhões aos municípios mineiros. Somente do acumulado com ICMS e Fundeb, os débitos chegam a R$5 bilhões.
- Com seu “jeitinho mineiro”, Ismar Marão espera montar um time de primeira para ajudá-lo a gerir o Legislativo Municipal.
- Servidores municipais continuam recebendo telefonemas e cartinhas de cobrança de empréstimos consignados. No entanto, os valores já teriam sido descontados dos salários. É um constrangimento!
- Desde o dia 1º, Eduardo Azank já é o novo presidente da OAB Uberaba. Termo de posse foi publicado na edição de ontem do JM.
- As primeiras transferências feitas pela União e Estado à Prefeitura somam R$56.624,46 de Fundeb, R$59.545,04 de Simples Nacional e R$280.032,48 de IPVA.

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia