JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 19 de janeiro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Cristina Vasques MODA & ESTILO 30/12/2018

Cuide de quem está perto

Não precisa de muito para ajudar aos outros, comece a fazer o bem com aqueles que estão próximos de você e, acredite, vai se sentir super bem. Procure fazer sempre o bem a todos aqueles que necessitam, independente das suas outras metas para o ano todo.
 
 
Réveillon com charme
 
A festa da virada é também uma ótima oportunidade de receber pessoas em casa, reunir os amigos e a família e caprichar na decoração. Muitas vezes, deixamos a casa enfeitada para o Natal e nos esquecemos da decoração de ano-novo. Aqui você confere diversas dicas e muitas ideias e referências de decoração de ano-novo para arrasar na festa com o que já tem em casa! 
 
 
A sua mesa pode ser decorada apenas em tons de nuances claros, a fim de obter uma composição minimalista, suave e clean. Uma forma de fazer isso é apostando em vasos com flores champanhe, brancas, entre outras.
 
 
Atenção aos detalhes
 
 
Apesar de ser produzido há séculos, o espumante ainda mantém sua classe, sabor refinado e fragilidade. Sendo assim, até mesmo a maneira com que você abre a garrafa pode interferir no seu sabor. Fique atento a detalhes como conservação e temperatura para aproveitar o melhor que esta bebida pode lhe oferecer:
 
Temperatura correta: apesar de ser costumeiro levarmos a garrafa ao refrigerador, os espumantes devem ser servidos com a temperatura entre 6°C e 8°C. O detalhe é que, ao invés do congelador, o ideal seria deixar a garrafa em um balde com gelo e água, assim não haveria interferência no seu sabor, já que a garrafa estará com uma temperatura uniforme.
 
A primeira dica para abrir o espumante da maneira correta é não abrir assim que ela chegar das compras ou logo após usar o transporte para chegar a algum local. A movimentação do veículo que foi usado para transportar a bebida pode deixar seu interior agitado, com grandes riscos de estourar a rolha antes mesmo de abrir. Por isso, deixe que ela descanse.
 
Algumas horinhas depois, prepare-se para abrir a garrafa, tomando os seguintes cuidados:
 
. Não aponte a garrafa para pessoas, cristaleiras ou tetos de gesso
 
. Segure a garrafa com uma mão e a rolha com a outra
 
. Gire a garrafa lentamente (nunca a rolha!) até a rolha se soltar
 
. Use polegares e outros dedos para auxiliar a soltar a pressão
 
. Aí é só brindar! Mas cuidado para que a rolha não atinja o rosto de alguém, afinal, você não quer estragar o momento.
 
 
Faça opção pelas taças transparentes para que o movimento das borbulhas possa ser apreciado. A taça ideal deve ter o formato alongado para uma melhor degustação. Sirva em pequenas quantidades e segure a taça pela haste para que a bebida não esquente com o calor das mãos.
 
Se o seu intuito é extravasar e comemorar informalmente, fique à vontade. Mas tenha a consciência de que, ao estourar a garrafa, o líquido que vaza da embalagem vai interferir no sabor original do espumante. Cuidado mais uma vez, pois, uma garrafa tem mais gás no seu interior do que um pneu de carro. Evite acidentes!
 
Seja em uma celebração de fim de ano, festa, jantar romântico ou com os amigos, prefira os espumantes Peterlongo. Temos diversas opções disponíveis para combinar com o seu momento ideal. Aproveite a experiência e brinde a felicidade.
 
 
BRINDE À VIDA
Escolha a bebida ideal para celebrar o ano-novo!
 
Champagne é um vinho branco ou rosé espumante, só que produzido na região de Champagne, no nordeste da França. Eles são produzidos obrigatoriamente à base apenas das uvas chardonnay, pinot noir e pinot meunier. Só pode ser chamado de champagne o fermentado de uva que for produzido na região. Geralmente, as pessoas se limitam às mais conhecidas: Moët Chandon, Veuve Clicquot e Dom Pérignon. Mas existem dezenas de outros rótulos, menos conhecidos, que estão entre os melhores champanhes franceses. Champagne – a palavra – é o segundo vocábulo mais conhecido da língua francesa no mundo.
 
 
A presença do champanhe, frisante, cava ou espumante na mesa dos brasileiros é uma questão de hábito. E essa falta de conhecimento sobre o manuseio do produto pode causar algumas experiências não muito agradáveis na hora de apreciar a sensação das borbulhas explodindo na boca.
 
 
Espumante (ou sparkling wine) – um vinho branco (ou rosé) e efervescente, com gás carbônico. Todo champagne é um espumante, mas nem todo espumante é um champagne, necessariamente.
 
Frisante – ele é um vinho menos gaseificado e com menos espuma do que um espumante
 
Lambrusco – É um vinho frisante, produzido a partir, principalmente, da uva lambrusco. É um vinho jovem, doce, originário da região da Emilia Romagna, na Itália. Prosecco – a princípio, prosecco era um tipo de uva nativa da Itália. Há pouco tempo, transformou-se na nomenclatura de todo vinho efervescente produzido na região italiana de Vêneto. Diferentemente dos champagnes e dos cavas, os proseccos são elaborados pelo método charmat, onde a segunda fermentação ocorre em grandes tanques de aço inox, e não na própria garrafa. Alguns espumantes brasileiros conseguiram manter o direito de usar o nome Prosecco em seus rótulos por já produzirem as bebidas há muito tempo.
 
 
 
DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia