JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 17 de junho de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Carlos Roberto Moura - Ticha NO BICO DA CHANCA 10/01/2019

TOQUE DE PRIMEIRA

A coluna de hoje posta foto de uma zaga maravilhosa formada por dois craques. Modesto chegou ao USC como “contrapeso”. O clube comprou o ponta-esquerda Ferreira, e o Barretos liberou Modesto, que mais tarde foi a sensação do futebol mineiro. O uberabense Marquinho, moleque criado no Grande Abadia, começou em time com molecada recheada de craques. Depois jogou no juvenil do Nacional; ainda jovem, conseguiu promoção ao profissional e atuou ao lado de bons jogadores, inclusive do beque Zé Carlos. Trocado por Veram, Marquinho marcou presença no Uberaba SC. Foi o crescimento do ótimo e eficiente zagueiro que era bom nas bolas baixas e altas: cabeceava como nunca. Foi um gigante, que depois se transferiu para Cruzeiro e Palmeiras. Quando parou de jogar, foi que ganhou o apelido de “Cavalão”, em uma pelada entre amigos que alguém trombou com o zagueiro e sentiu o drama. Mesmo chegando junto e sendo vigoroso, Marquinho não foi um jogador violento. Saudades.

MOTO ZEMA tem a moto de seus sonhos. Motos novas, usadas, peças, serviços, acessórios e qualidade no atendimento. Avenida Guilherme Ferreira, 795 – fone: 3318-3600. Visite nosso showroom. Inspeção gratuita de 21 itens.

CANELADAS

Proibido pelo médico de fumar, um amigo do Carrapicho foi pego dando aquela tragada:
- Estou fumando de olhos fechados.
- E daí? Você não pode fumar.
- O que os olhos não veem o coração não sente.

Técnico de futebol no Brasil é igual pneu. Só vive sob pressão!

Procurado para jogar no USC um jogador baiano pergunta:
- O técnico é o Léo Goiano ou Baiano.
- É o Léo Goiano, aquele que gosta de trabalhar muito.
- Trabalhar! Desculpe meu “rei”, não estou animado!

Foram os portugueses que inventaram a injeção. Os alemães só fizeram substituir o prego pela agulha...

ESTEIO Materiais para Construções é o caminho certo. Avenida José Maria Reis, 310 – fone: 3338-8444. Da base ao acabamento, ESTEIO nome sólido em construção. Fale com Nadir, Oscar, Diego ou Larissa. Construa com qualidade. 35 anos no mercado com os melhores preços. Venha tomar um café conosco.

BOLA DE MEIA

Depois de uma longa data, estive no CT Constantino Calapodopulos e acompanhei parte dos trabalhos elaborados pelo técnico Léo Goiano. Sinceramente, não vi nada de anormal e nem puxado como dizem nas rodinhas.

O programa Toque de Primeira, a biografia do craque, deste sábado, 12, das 12h às 13h, pela JM FM 95.5, tem papo de bola com Léo Goiano e Stefano Caetano.

Acredito que o trabalho do bom técnico é eficaz e vários motivos comprovam isso. Primeiro, é jogar a preguiça e chinelinho fora. Segundo, é o jogador fazer o que gosta e terceiro, é aperfeiçoar a cada dia. Sem treinamento não tem equilíbrio.

Como o futebol é coletivo, os treinamentos vêm colaborar com jogadas ensaiadas, trabalhadas e alternativas de jogo. Encaixar os setores, com marcação, transição e finalização, é fator primordial. Treinamentos com intensidade.

POSTOS RIO BRANCO e W1- guiados pela mesma energia; credibilidade que garante a procedência do seu combustível. Uma rede movida pela confiança. Abasteça com qualidade.

Como o coletivo é a principal arma de domínio e posse de bola de um time, Léo Goiano não vai tirar a parte individual dos jogadores. Aquele que tem condições de driblar a zaga adversária e “botar” a bola pra dentro, faz bem.

Os goleiros Luan, Alencar e Angolano estão trabalhando muito, aliás, são os homens que defendem a meta que mais trabalham nos treinamentos. Todos vêm surpreendendo com a vontade e disposição do Guilherme Angolano. Pega firme!

Mesmo monitorando outro meio-campista, Estefano Caetano pode dar um tempo, para que o jovem Carlinhos, que veio da Caldense, possa mostrar qualidade. Na verdade, a torcida sente saudades é do Rafael Oller. Joga muito.

Fico imaginando! Será que o Flamengo não está jogando dinheiro fora? As contratações milionárias são pontuais ou existem outros interesses? A torcida quer títulos e não desfile de estrelas. Vamos aguardar os resultados. TRAVA.

TA CONFECÇÕES – Há 22 anos no mercado brasileiro com absoluto sucesso. Uniformes profissionais, escolares e promocionais. TA qualidade profissional. Av. Leopoldino de Oliveira, 2084. Telefone: 3338-3050. Faça-nos uma visita.

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia