JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 14 de agosto de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Wellington Cardoso Ramos FALANDO SÉRIO

Celeridade
Menos de seis meses após o sequestro de M.C.P.Z., quando estacionava um HB20 na rua Cecília Palmério, o juiz Ricardo Motta sentenciou os acusados do crime.

Três décadas
As penas aplicadas a Lucas Daniel Soares Policarpo (16 anos e 6 meses) e Mônica Gonçalves Reis (19 anos e 6 meses) somam 36 anos de prisão.

Sensibilidade
Ricardo Motta destacou a rigidez de resposta, frisando que não se pode deixar que a insensibilidade tome conta da sociedade porque o crime tem se tornado banal.

Estatística
E mais: não se pode permitir que atos como estes se tornem somente estatística.

Fechado
Titular da 1ª Vara Cível decretou que os condenados não podem recorrer em liberdade e começarão a cumprir a pena de 36 anos no regime fechado.

Indenização
Sem postulação do Ministério Público e da vítima, Ricardo Motta deixou de fixar indenização por danos morais.

Perigo
Como as aulas noturnas obrigatórias no processo de habilitação se tornaram perigosas para instrutores e candidatos à CNH, o Denatran vai acabar com elas.

Facultativas
Como a obrigatoriedade figura em lei e a alteração é urgente, o Denatran tornará as aulas facultativas até que o Congresso aprove novo texto.

Hábitos
A criminalidade violenta muda hábitos dos brasileiros e impõe regras, de forma subjetiva, ao Estado.

Democracia?
Na incompetência do Estado em combater o crime, o cidadão perdeu a liberdade e passou a ouvir do sistema recomendações para não fazer isso ou aquilo.

Deu moleza
E até passou a ser criticado quando assaltado com afirmações de que facilitou a vida do bandido ao usar celular em via pública, sair à noite, frequentar bar etc.

De cinema
Cinematográfico o assalto de que foi vítima em Uberaba empresário chinês que não fala português, mas resolveu investir aqui.

Em casa
Ele foi surpreendido dentro do próprio apartamento (arrombado pela porta da cozinha), na avenida Leopoldino, por três a quatro homens armados.

Preparação
Dias antes, um casal com sotaque paulista havia alugado apartamento vizinho ao seu, anunciando ao proprietário que faria uma reforma antes de se mudar.

Tudo indica
Em verdade, nada foi feito no apartamento, aparentemente usado para os preparativos do assalto.

Prejuízos
Do chinês, os ladrões levaram R$ 200 mil em dinheiro, 5 mil ienes e joias, entre as quais cordões em ouro branco e pingente de diamante.

Custos
Nos primeiros cinco meses do ano, tratamento hospitalar de motociclistas traumatizados em acidentes de trânsito custou R$ 169,7 mil à Secretaria de Saúde em Uberaba.

Em automóvel
Já o atendimento aos feridos na condição de ocupantes de automóveis ficou em R$ 105,5 mil.

Pedestres
Com pedestres os gastos do SUS somaram R$ 17,6 mil.

Ônibus
Com o pouco envolvimento de ônibus coletivo em acidentes de trânsito com vítimas, as despesas ficaram em R$ 1,1 mil.

Bola de cristal
Há semanas, Luiz Cláudio Campos publicou artigo no JM intitulado “A hora é agora”, defendendo a dobradinha Anastasia/Marcos Montes.

Jingle
Eis que agora sai o primeiro jingle da campanha da dupla em que o refrão é exatamente esse: “A hora é agora”.

Será?
Influência do presidente do Instituto Ápice ou coincidência?

Mediúnica
Médium Paulo Neto está novamente em Uberaba, participando em centros espíritas de tratamento de cura mediúnica de pacientes com diferentes patologias.

Agenda
Hoje ele estará na Casa da Esperança Inácio Ferreira (8h30) e, amanhã, no Centro Obreiros do Bem (8h30) e na Associação Espírita União (14h).

Há décadas
Paulo é de Grupiara e há trinta anos percorre o País (roda até 2 mil km por mês) para atender gratuitamente pessoas doentes.

Aos 70 anos
A necessidade de exame de aptidão física e mental a cada três anos para a renovação da CNH passará dos 65 anos para 70 anos.

Aprovado
Alteração foi aprovada ontem pela Comissão de Viação e Transportes da Câmara Federal e, se passar pela CCJ, irá direto ao Senado, sem passar pelo plenário.

Adiada
Remarcada para dia 10 de setembro a audiência em que a Justiça ouviria ontem os cinco padres acusados do desvio de R$ 2 milhões da Igreja Católica em Formosa.

Provas
É que o MP apresentou novas provas contra os acusados sem que a defesa delas tivesse conhecimento prévio. 

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia