JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 18 de fevereiro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Lídia Prata ALTERNATIVA 05/02/2019

A volta dos “pardais”
Se você acha que tem sinaleiro demais nas ruas de Uberaba, prepare-se: os radares estão voltando... Com dispensa de licitação referendada pela Procuradoria do Município, a Prefeitura está ampliando o objeto do contrato com a Codiub para incluir a implantação do sistema de gerenciamento de infrações de trânsito, mediante a locação e operação de radares fixos e móveis. Tão logo seja assinado o contrato, a Codiub ficará responsável pela instalação dos radares nos locais determinados pela Prefeitura, assim como pelo registro de infrações de trânsito, seja avanço de sinal, excesso de velocidade, invasão da faixa exclusiva de BRT, parada em cima da faixa de pedestres dentre outras.

Menor preço
O gerenciamento do sistema de multas em Uberaba já é feito pela Codiub. O que está sendo feito agora, segundo o presidente Denis Silva, “é apenas agregar valor com a ferramenta de fiscalização para oferecer aos municípios (e não apenas a Uberaba) o pacote completo. O município que quiser instalar os radares eletrônicos, por exemplo, poderá contratar a Codiub, pois nós ofereceremos todo o gerenciamento também. E modéstia à parte, por um preço muito mais competitivo no mercado do que os outros que temos visto por aí”. A PMU pagará pelo pacote a bagatela de R$ 195 mil mensais, ou R$ 7 milhões e 20 mil em 36 meses, prazo de vigência do contrato.

Olho vivo
Tem mais: 12 novos agentes de trânsito devem entrar em ação ainda este mês. Eles já haviam sido convocados pela PMU para reforço do time, passaram por treinamento e agora estão aptos a atuar na rua. Detalhe: dentre os convocados há 3 mulheres.

Mais um
Para viabilizar o PMAT (Programa de Modernização da Administração Pública), a Codiub vai contratar assessoria técnica, que envolve parte contábil, jurídica, informática, acompanhamento da execução do projeto junto à Caixa e ao BNDES. Edital de licitação já está na praça, mas dificilmente o certame terá participação de empresa local. Isso porque é preciso ter conhecimento específico para o PMAT.

Modernização já
O PMAT disponibiliza aos municípios uma linha de financiamento para implantação de vários programas de gestão, dentre os quais digitalização e arquivamento de documentos, softwares etc. Uberaba teve o PMAT aprovado, mas ainda não executado. Como a Codiub entra nisso? A empresa precisa cumprir uma série de exigências do BNDES para estar apta a ser contratada para executar serviços financiados via PMAT, não só para Uberaba, mas para outros municípios também. Por isso, o presidente Denis Silva conta que a opção foi por investir na contratação de uma consultoria especializada nesses trâmites do PMAT/BNDES. Particularmente acredito que esse trabalho de modernização de processos administrativos seja mais adequado à Codiub do que locação de radares e gerenciamento de infrações de trânsito...

Custo em análise
A contratação dessa assessoria técnica pela Codiub não tem um valor específico conhecido. “Em geral, os valores cobrados por esse tipo de serviço se referem a um percentual dentro do que for contratado” – explica o presidente. Ainda segundo Denis Silva, “a licitação se dará por envelope fechado de preço, avaliação técnica das empresas participantes e caberá à Codiub acatar ou não, dentro do seu orçamento, o que for proposto. É um investimento importante para a companhia, porque não é simples mexer com PMAT.” Denis vai além, ressaltando que “a Codiub não pode ficar de fora desse processo. São vários os municípios com PMAT aprovados, ou seja, um grande nicho de mercado”.

Cartão vermelho
Conforme já era previsto, foram demitidos por justa causa a médica JAC e o técnico em enfermagem MAFJ, que vinham respondendo a um longo processo administrativo.

Comissionados
Embora o prefeito Paulo Piau tenha prometido enxugar o quadro de comissionados de todas as secretarias, por medida de contenção de despesas, as edições do jornal oficial do município continuam publicando novas nomeações de apadrinhados...

Chance única
Desde quinta-feira já tinha gente “guardando lugar” na fila, de olho em vaga para os cursos profissionalizantes oferecidos pela Fundação de Ensino Técnico Intensivo “Dr. Renê Barsam” (Feti). Quando começaram as inscrições na manhã de ontem foi um “deus nos acuda”. Apenas 336 adolescentes conseguiram fazer a inscrição. Na fila de espera restaram 170 jovens para o turno matutino e outros 258 para o vespertino. Quem sabe o Município se anima a investir numa segunda unidade da Feti? Há demanda para esse investimento.

Perdeu, perdeu!
Governo Pimentel só deu prejuízos a Uberaba. Agora mais um: a rescisão de contratos com empreiteira vencedora de licitação para recapeamento asfáltico de ruas da cidade, que seria feito com recursos de emendas parlamentares do então deputado estadual Tony Carlos. Pimentel não liberou os recursos.

Ao vivo
Amanhã, a partir das 8h, o prefeito Paulo Piau estará ao vivo na Rádio JM, para responder aos questionamentos de ouvintes e dos jornalistas do Grupo JM de Comunicação. Mande sua pergunta pelo whatsApp da Rádio 9.9777-7900.

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia