JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 23 de julho de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Raquel Ribeiro #FICADICA 03/02/2019

SANDY & JUNIOR

Depois de rumores e uma pitada de marketing, acabou o mistério. Sandy & Junior vão mesmo fazer uma turnê para reviver os grandes sucessos que marcaram uma geração, que só com a possibilidade do reencontro já grudaram no pé de Nossa Senhora do Dig Dig Joy e começaram as orações para que os rumores virassem realidade. E não é que deu certo?! A dupla, que fez história, sempre que precisar e as coisas apertarem – o que não deve ser o caso –, pode faturar uma graninha, fazendo a alegria de milhares de marmanjos. Os irmãos confirmaram na quinta-feira (31/01), de forma bem discreta, em suas redes sociais, a tão desejada “volta” da dupla. Os shows vão celebrar os 30 anos de carreira de Sandy & Junior e terão início no segundo semestre, com vendas de ingressos previstas para março. O local escolhido para o início da turnê é o Allianz Parque, em São Paulo.


SOZINHO?!
 
Recentemente, uma postagem nas redes sociais me chamou muita atenção. Ela dizia assim:
“Com quem você está quando está sozinho?” 
Passei a me questionar e, agora, caro leitor, faço-lhe um convite para esta reflexão.
Com quem você está quando está sozinho?
Com o silêncio absoluto dos seus pensamentos?
Ou seria com as suas mais desastrosas lembranças do que passou?
Ou quem sabe com as mais gostosas memórias afetivas?
Ou seria com os gritos abafados dos seus sonhos?
Pode ser, também, que você escolha ficar com os muitos medos que, desde sempre, o amedrontam.
Mas o bom é estar com você mesmo e com todas as pessoas que o fazem VIVER, mesmo que seja no pensamento. Que você possa, quando estiver só, ficar sozinho e cheio de um mundo que é só seu e na sua povoada solidão.
 
 

FÓRMULA E
 
Eu me rendi. Vamos falar um pouquinho sobre a Fórmula E. Em sua quinta temporada, ela é hoje o laboratório da tecnologia do amanhã. Com carros 100% elétricos, portanto, sem o ronco dos motores, o que deixa a vidinha de quem assiste à corrida com um pouco menos de emoção, aliás com muito menos. A categoria traz uma tecnologia que estará, em um futuro muito próximo, não só nos carros de amanhã como na vida cotidiana, na geração de energia e na urbanização futura. As corridas acontecem em cidades que têm projetos de sustentabilidade. Toda a estrutura é temporária e reutilizada nas próximas corridas, sendo montada preferencialmente na rua, mesmo que as cidades possuam autódromo. Os eventos possuem, também, entradas a preços populares, para que a categoria se torne mais conhecida. Além disso, a organização promove um verdadeiro show de interação para conectar as pessoas, a tecnologia e a cidade que está sediando a corrida. A fim de tornar mais popular a Fórmula E, a temporada se inicia em dezembro, quando todas as outras categorias param; assim, o fanático por velocidade acaba se rendendo e assistindo às corridas da Fórmula E. Além disso, a categoria ainda apela para o prestígio de grandes pilotos já conhecidos do público e muita, muita publicidade nas redes sociais. Tacadas que estão dando certo, afinal, não estamos aqui falando sobre Fórmula E?
 
 
DAYTONA 24H
 
Uma senhora corrida, para ninguém botar defeito. Teve de tudo. Os pilotos enfrentaram todos os desafios possíveis. O frio polar, prejudicando o aquecimento de pneus, temperado com vendaval nas curvas inclinadas, tirando equilíbrio dos carros. Isso sem contar a altíssima velocidade imprimida pelos líderes desde as voltas iniciais e o mergulho na chuva já pela madrugada. Mas não pensem, vocês, que foi qualquer chuvinha não, de acordo com Rodrigo Mattar, que me matou de rir ao dizer que: “se Noé estivesse na disputa, saindo das páginas da Bíblia, poderia ultrapassar todo mundo e vencer a corrida, tamanho o acúmulo de poças e pontos de alagamento pela pista inteira”. E, realmente, essa foi a melhor descrição para o toró que caiu. São Pedro estava realmente animadíssimo. Piadas à parte, as equipes que já tinham enfrentando reparos, de pequeno e grande porte, tiveram que correr para mudar acertos nos pit stops e equipar as viaturas com pneus apropriados para pista molhada. Com a chuva, também vieram os acidentes, uma pitada de emoção, mais reparos e o fim de prova para muitos. Enfim, uma edição realmente histórica, que teve Fernando Alonso como campeão, além da despedida de Christian Fittipaldi, das pistas. Vale ressaltar que Alonso deu show, sim, em seu Cadillac #10, mas ele não correu sozinho. Renger Van der Zande, Kamui Kobayashi e, também, Jordan Taylor formaram um time poderoso e foram importantes para a conquista do pequeno grande Alonso. Com o feito, Fernando se torna o terceiro campeão mundial da categoria máxima a ganhar em Daytona. A partir dessa conquista, o espanhol está a um passo da Tríplice Coroa do automobilismo mundial, que engloba Mônaco, no qual ele já foi vencedor por duas vezes; Le Mans, sua última conquista, faltando apenas as 500 Milhas de Indianápolis. Realmente falta muito pouco.
 
 
INTERAÇÃO TOTAL
 
Segundo o jornal The New York Times, Mark Zuckerberg quer cada vez mais unificar e aprimorar o uso e a interação nas redes sociais. Agora, a empresa de Zuckerberg trabalha em um novo projeto que unificará a comunicação entre WhatsApp, Instagram e Facebook Messenger. Com a atualização, o usuário do Facebook conseguirá conversar com alguém que utilize só o WhatsApp. Além disso, todos os apps passarão a contar com criptografia ponta a ponta. O sistema garante que as mensagens possam ser lidas apenas pelos participantes da conversa, o que hoje só acontece no WhatsApp. Não se afobe, a novidade está começando a ser desenvolvida e a expectativa é de que chegue aos usuários no fim deste ano ou início de 2020. 
 
 
 
VIDA LONGA E FELIZ
 
Graças ao bom e louvado Deus, estou, apesar dos pesares, no caminho certo para uma vida de hábitos mais felizes. A ciência provou que aqueles que cantam em volume máximo enquanto dirigem ou viajam como passageiros em um carro são mais felizes e têm um humor muito mais favorável. Cantar, mesmo que você tenha uma voz terrível (o que é o meu caso), libera endorfinas e ocitocina (dois dos quatro hormônios da felicidade). Quanto mais altos os níveis, menos cortisol em nosso corpo, o hormônio que causa estresse, ansiedade, infertilidade, problemas de sono e ganho de peso. Cruzes!!! Experimente esse remedinho antiestresse, sozinho ou acompanhado. A melhor coisa que você pode fazer é se distrair, entrar na música, seja na melodia ou na letra, cantando suas canções favoritas. Entre os grandes benefícios de cantar em volume total no carro estão: alívio do sofrimento, aumento da produtividade, aumento da euforia, inspiração para criar coisas novas e experiência. Em suma, é um ótimo remédio contra a depressão. São nas pequenas coisas que conseguimos doses diárias de alegria, acredite. Experimente e, se possível, conte-me depois. 
 

FÓRMULA 1 
 
A impressão que tenho é de que chega dia 25 de dezembro, mas não chega dia 17 de março, que é quando se inicia a temporada 2019 da Fórmula 1. O campeonato começa na Austrália e este ano, no dia 14 de abril, tem comemoração histórica e especial no Grande Prêmio da China, que terá a sua milésima corrida da história da competição. Aqui, no Brasil, nosso encontro com a velocidade está marcado para o dia 17 de novembro. Ainda não temos nenhuma informação sobre vendas de ingressos que devem ser anunciadas quando a temporada já estiver acontecendo, mas vale ressaltar que assistir a uma corrida ao vivo e a cores é uma experiência incrível, que eu recomendo para qualquer pessoa que goste de velocidade. 
 
 
FALANDO NISSO 
 
Você sabia que o Brasil está entre os 20 maiores mercados do mundo em termos de audiência da Fórmula 1, sem ter nenhum piloto brasileiro correndo atualmente na categoria? Com 115,2 milhões de pessoas assistindo aos grandes prêmios em 2018, esses milhões de espectadores cresceram cerca de 20% de 2017 para 2018, um número significativo que nos coloca em primeiro lugar em termos de audiência da Fórmula 1, seguidos da China e dos Estados Unidos, que completam o pódio dos países em que mais se tem audiência na categoria. Por aqui, os fanáticos por velocidade tentam se distrair com competições de outras categorias e vídeos de competições inesquecíveis e históricas, até o início da temporada 2019.
 
 
 
LUGARES IMPERDÍVEIS BRASIL AFORA 
 
Registre aí: não morro sem conhecer alguns destes destinos brasileiros e, como sei que você é espertinho, tome nota e inclua na sua lista também. O Buzz Feed  publicou no site uma lista com 17 destinos no Brasil que as pessoas devem visitar antes de morrer. E o primeiro local citado é a Chapada Diamantina, na Bahia, seguido de Fernando de Noronha (Pernambuco). Em terceiro vem o Corcovado (Rio de Janeiro); na sequência, Jericoacoara (Ceará), Praça dos Três Poderes (Brasília), Ouro Preto (Minas Gerais), Chapada dos Veadeiros (Goiás), Rio Amazonas (Amazonas), Lençóis Maranhenses (Maranhão), Terraço Itália (São Paulo). A Chapada dos Guimarães (Mato Grosso) vem em 11º; depois, Bonito (Mato Grosso do Sul), Monte Roraima (Roraima), Porto de Galinhas (Pernambuco), Cataratas do Iguaçu (Paraná), Inhotim (Minas Gerais) e, por fim, a praia da Pipa (Rio Grande do Norte). Alguns dos lugares dessa lista eu já conheço e, sinceramente, não são lá grandes coisas. A ordem também não me agrada muito, mas, no geral, os lugares são realmente imperdíveis e muitos são os Top10 da minha lista.  
 

CHAPADA DIAMANTINA 
 
Já que a Chapada Diamantina está no topo da lista, vamos a ela: no centro da Bahia se encontra o Parque Nacional da Chapada Diamantina, que proporciona uma das mais lindas paisagens do Brasil. Localizada em uma região onde vários biomas se encontram, entre eles cerrado, caatinga, campos rupestres e matas de altitude, a área proporciona grande variedade de vegetação, cachoeiras, grutas, cânions e vales. Área é famosa por ser o centro da corrida do diamante no século 19. E o que mais me atrai são as fotos. As cavernas são lugares perfeitos para fotos de tirar o fôlego e, com certeza, um dos meus próximos destinos.
 

 

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia