JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 25 de junho de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Articulistas

Outros Articulistas

Moura Miranda

Uberaba Sport Clube completa 97 anos

Glorioso. Quando em 15 de julho de 1917 um grupo de apreciadores do futebol, modalidade esportiva recém-trazida da Europa por Charles Muller, decidiu fundar uma agremiação na cidade de Uberaba, provavelmente não se pensava ali que ela chegaria ao século XXI. Não só chegou como está prestes a integrar o seleto grupo dos clubes centenários do futebol brasileiro. Na terça-feira (15), o Uberaba Sport Club completou 97 anos de fundação. Daquele longínquo 1917 aos dias atuais o “Glorioso Colorado” do saudoso Estádio Dr. Boulanger Pucci, viveu períodos de glórias e outros nem tão felizes assim. Embora somente há 40 anos tive a oportunidade de conhecê-lo mais de perto, tenho a honra de ser a pessoa que mais o viu jogar nesta história quase centenária.

Um dos maiores. Sei que ao longo desta sua trajetória de vitórias chegar aos 100 anos é a maior das conquistas. Nesta caminhada, o Uberaba Sport Club teve a defendê-lo, dentro e fora de campo, figuras ilustres e apaixonadas que o levaram um dia a ser considerado um dos 50 maiores clubes do futebol brasileiro. Se nos seus primeiros 50 anos o alvirrubro uberabense teve o seu destaque testemunhado por torcedores apenas na região do Brasil Central, nas últimas décadas o seu nome atravessou fronteiras e suas cores se fizeram presentes de norte a sul deste país do futebol.

Recuperação. Atualmente, a fase não é das melhores. O Uberaba Sport Club ocupa o pior lugar frequentado por um clube do Mineiro. Está na Terceira Divisão, fundo do poço do nosso futebol profissional. Mas não foi sempre assim. Até três anos passados estava no lugar que ocupou na maior parte de sua história: a ELITE de Minas Gerais. O processo de recuperação já começou e espera-se que em breve ele volte para o lugar de onde nunca deveria ter saído: entre os maiores e melhores clubes do interior do Brasil.

Respeito. Ao longo de sua história, a fase de ouro do Uberaba Sport Club foi nos 10 anos acontecidos entre 1973 e 1983. Após a conquista do terceiro lugar no Campeonato Mineiro de 73, cujas finais disputou com os três grandes clubes do estado no Mineirão, em Belo Horizonte, o Uberaba Sport passou a ser respeitado e reconhecido como o principal time do interior mineiro. A sua participação no Campeonato Brasileiro, a partir de 1976, foi a prova maior de sua força no cenário nacional. Ele se fez presente em todos grandes estádios de norte a sul e enfrentou praticamente todas as principais equipes do país. Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Curitiba, Vitória, Campo Grande, Cuiabá, Goiânia, Teresina, São Luiz, Belém, Manaus, Salvador, Recife, João Pessoa, Natal e Brasília foram capitais que viram desfilar grandes jogadores defendendo a gloriosa camisa colorada. As principais cidades de Rio Grande, no extremo sul do Rio Grande do Sul a Manaus, capital do Amazonas, tiveram em algum momento a presença do maior clube do interior de Minas Gerais.

História. Citar apenas alguns nomes daqueles que o defenderam não apenas na “Fase de Ouro”, mas em todos os momentos de sua história seria uma injustiça com centenas de outros que seriam esquecidos. Por isto hoje ao começarmos nas páginas do Jornal da Manhã a ocupar um espaço para lembrar com todos torcedores, jovens de hoje e mais vividos de ontem, os bons momentos e os grandes nomes que fizeram a história bonita não só do quase centenário Uberaba Sport Club, mas do futebol de Uberaba, publicamos fotos de algumas das principais equipes que o clube formou ao longo dos seus 97 anos.

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia