JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 20 de abril de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Articulistas

Outros Articulistas

Sylvio Marcário Pereira Alves

Os percalços da vida

Interessante e recheada de acontecimentos esta nossa vida. Nascemos, vivemos por livre arbítrio de Jesus, que estás nos Céus. E, cada um, tem uma característica própria de viver. Alguns, com mais sorte na vida, outros a sofrer as vicissitudes nas pedras do caminho. Uns abastados, ricos, opulentos; outros, que vivem nos bolsos da miséria. Fazemos uma pergunta e nós mesmos a respondemos: “Será que Deus quer esta grande discrepância e diferença entre os homens?.....

Será que a proteção divina ampara os mais ricos, em detrimento dos mais pobres?.... Não que duvidemos de Jesus. Simplesmente, Ele dá a cada um, o LIVRE ARBÍTRIO para levar a sua vida. “Eu lhes dou a vida, leve-a como lhe aprouver, mas tenha cuidado, seja vigilante com as suas ações; que elas sejam para fazer o bem e nunca descambar para o mal ou iniquidade, pois o Reino do Céu é como árvores que dá bons frutos. Portanto, cuide-se e faça somente boas obras, seja bom e sincero de coração, faça o bem e a caridade, pois se você for um pecador incorrigível, será lançado, no final dos tempos, no fogo do inferno, com os galhos secos da árvore que dá maus frutos que são arrancados e lançados ao fogo.”

É na verdade um grande paradoxo, aceitarmos essa situação caótica em que vive a maioria do povo brasileiro, especialmente os pobres, os humildes, os doentes, os idosos e com especial crueldade os marginalizados pela sociedade. Os bolsões de miséria aí estão para constatarmos a realidade da vida que levamos. E, principalmente os IDOSOS APOSENTADOS que estão à beira da miséria, quase que com um pires na mão a mendigar ao Governo, o qual lhes tira a cada ano, um quinhão dos seus benefícios. Há aposentados da década de 1980 que já estão perdendo mais da metade do seu benefício. Posso afirmar isto, pois me incluo nesta situação.

- O Governo é insensível a esses problemas cruciantes porque passam nossos queridos idosos. Esquece também da grande miséria em que vive os “marginalizados, os excluídos.”

- Os POLÍTICOS, estes, sim, levam uma vida regalada, com verba para tudo, no meio de tanta sujeira e corrupção, da enganação, da malversação do ERÁRIO NACIONAL, pensando que enganam o povo que já está cansado de suas falcatruas e gatunagens. É dinheiro na cueca, é dinheiro nas meias, é dinheiro enviado aos “Paraísos Fiscais”; afanando o que pertence ao povo. É dinheiro do povo que embolsam com a maior “cara-de-pau”. E isso, é lamentável, é insustentável, se bem que ainda pode ser reparado se o nosso querido Ministério Público tomar medidas drásticas contra esses malfeitores. Não queremos generalizar, pois há políticos honestos, dignos, que honram seriedade o seu mandato. São muitos,  portanto, não nos cabe aqui, mostrar quais são. O povo já sabe, lê os noticiários nos jornais. Assiste às sessões do Congresso Nacional e a bandidagem de alguns políticos e assessores continua...

- O Exmo Sr. Presidente da República já sinalizou que tem feito muito pelo povo brasileiro, não tudo o que precisa, mas no que se refere às ações sociais (algumas) em prol das classes menos favorecidas. Mas, ainda, não é o bastante, não obstante a crise internacional que assolou no mundo, mas que nos atingiu, no Brasil, em pequena escala. O Brasil está crescendo, está se recuperando gradativamente e o nosso crescimento mostra tendências de chegar ao fim de 2010 em cerca de pelo menos 5% (cinco por cento). Quem viver, verá...

- Gostaria de enfatizar, aqui, os aspectos do no nosso JUDICIÁRIO. É lamentável e triste saber que os Gabinetes dos Tribunais Judiciários Especiais estão apinhados de processos e recursos nas prateleiras, aguardando sua homologação, e, em especial, os recursos e processos de nossos VELHOS APOSENTADOS. É uma lástima o Presidente da República declarar, em alto e bom som, que se o INSS pagasse aos prejudicados aposentados o que é de direito, JUSTIÇA e LEI, isso “quebraria a Previdência Social” ..... O Brasil tem uma das menores faixas salariais entre todas as Nações... A não ser, e excluindo aí, uma minoria que são os Banqueiros, os grandes empresários e os Três Poderes da Nação, cerca de 10% (dez por cento) mais ou menos.

- Quiçá nossos Governos possam ajudar mais ao proletariado, aos nossos bolsões de miséria e àqueles que penam na JUSTIÇA, em busca de seus direitos adquiridos por LEI e honestidade (os aposentados).

-Quem sabe, com o “PRÉ-SAL” (?) este País chegue mais perto do 1º mundo e saía desse subdesenvolvimento? – Temos uma grande Nação, mas precisamos de homens com GRANDE INTELIGÊNCIA E VONTADE POLÍTICA, para geri-la.

- Já velho, desacreditado, doente, e cansado de esperar pela JUSTIÇA dos homens, especialmente do nosso governo e dos políticos em geral, fico ainda esperançoso, pois a esperança é a ultima que morre.......

- Mas Deus, com seus olhos que veem tudo, até o escondido, dará o pagamento aos maus e elevará ao seu Reino de Amor, os pobres, os arrependidos de seus pecados, os que sofrem nesta vida terrena. E, esse destino, naturalmente, não será bom: “serão castigados por não terem sido bons e honestos, por não praticarem boas obras; e ganharão, simplesmente, as profundezas, os torpes lugares em dimensões que lhes serão destinadas... Que Deus tenha piedade e misericórdia também desses pobres seres do MAL...

A todos, um feliz ano-novo.

 

 (*) contabilista aposentado

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia