Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
POLTICA
Tamanho do texto: A A A A
Gisele Barcelos - 19/10/2017

Vereadores modificam lei que fixa os subsdios dos secretrios

Compartilhar:

Os vereadores aprovaram ontem alteração na lei que fixa o valor do subsídio mensal dos secretários municipais, atendendo recomendação do Ministério Público. O novo texto prevê que os agentes políticos receberão ajuda de custo em dezembro de cada ano. A redação anterior estabelecia o pagamento em janeiro do ano seguinte.

No entendimento da Promotoria, a redação antiga abria uma brecha legal para o pagamento em duplicidade da ajuda de custo, pois a Lei Orgânica do Município já citava a liberação de uma ajuda de custo em dezembro e a lei que fixou os salários dos agentes políticos inseriu uma nova data.

O presidente da Comissão de Orçamento e Finanças da Câmara, vereador Agnaldo Silva (PSD), explicou que houve apenas um equívoco no texto ao colocar o subsídio para os secretários no mês de janeiro, mas agora a situação está corrigida.

Em nota, a Câmara Municipal posicionou que agora a legislação aprovada no ano passado passa a obedecer ao que está disposto na Lei Orgânica e evita qualquer tipo de interpretação quanto ao que é recebido pelos secretários municipais. Além disso, a Casa manifestou que foi eliminada toda e qualquer brecha para que os agentes políticos possam a vir perceber 14 subsídios ao ano, como chegou a ser cogitado pelo Ministério Público.

Outros projetos. Por outro lado, foi retirado de pauta o projeto de lei que previa acomodação exclusiva nos estabelecimentos para produtos alimentícios destinados às pessoas com diabetes, alergia alimentar (hipersensibilidade alimentar), intolerância a lactose, ou doença celíaca. A proposta, de autoria do vereador Ismar Vicente dos Santos “Marão” (PSD), foi considerada inconstitucional pela Comissão de Justiça, Legislação e Redação. O parlamentar vai transformar o conteúdo em requerimento e solicitar que o Executivo envie um projeto próprio.

Hoje os vereadores realizam a quarta reunião do mês de outubro, com pauta destinada à apreciação de requerimentos.



OUTRAS NOTCIAS


Servidor Solidrio prepara festa julina para arrecadar fraldas e leite (24/06)
Oramento impositivo j pode ser analisado pelo plenrio da ALMG (24/06)
Codiub avana para implantar sistema de Cidade Vigiada (24/06)
Procon empossa novos conselheiros e curadores para gerir fundo municipal (24/06)
Minas tem 16 casos de febre amarela com vacinao prvia (24/06)
Planto da PC j funciona em prdio reformado no Parque das Amricas (24/06)
Desaprovao de Bolsonaro dispara, segundo pesquisa do Ipsos (24/06)
Setor sucroenergtico deve investir na integrao da produo com a indstria (23/06)
Projeto sobre a produo de queijo em Minas recebe parecer favorvel (23/06)
Pr-candidatos do MDB devem apresentar alianas, diz manifesto (23/06)
Interesses regionais e questes partidrias criam dilema para Piau (23/06)
Eleio de outubro deve reeditar a unio dos Menudos dos anos 90 (23/06)
Fachin arquiva pedido de liberdade de Lula (23/06)
Governo do Estado quita com atraso a 1 parcela dos salrios dos servidores (22/06)
Cmara agiliza sesses para os vereadores irem solenidade (22/06)
Prefeito pede agilidade na liberao de recursos para obras paradas (22/06)
Meta zerar o dficit habitacional, diz Piau na entrega dos imveis (22/06)
Prefeitos no iniciam greve branca no 35 Congresso de Municpios (22/06)
Secretrio de ministrio diz que mais 700 mil casas sero erguidas (22/06)
Defesa de Lula busca concesso de priso domiciliar no STF (22/06)




San Marco - 20jun
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
SINTONIZE

ENQUETE
Na sua opinio, como deveriam ficar os direitos polticos de parlamentares presos?





JM FORUM
A Lei Seca completou dez anos em junho. Na sua opinio, temos o que comemorar?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018