Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
POLTICA
Tamanho do texto: A A A A
Gisele Barcelos - 18/10/2017

Ofcio pede CMU que no aprove oramento com reduo na Sade

Compartilhar:

Conselheiros municipais de saúde estiveram ontem no plenário da Câmara de Vereadores. O grupo acompanhou a leitura do ofício encaminhado na semana passada ao Legislativo. No documento, o Conselho reivindica aos parlamentares que não aprovem o orçamento 2018 por causa do corte de R$ 1,6 milhão na aplicação própria da Prefeitura em Saúde.

Após a leitura do ofício, apenas o presidente da Câmara, Luiz Humberto Dutra, comentou o assunto e afirmou que espera que o governo municipal resolva a questão. Não houve manifestação dos demais vereadores.

Apesar do silêncio dos parlamentares, a presidente do Conselho Municipal de Saúde, Maria José de Freitas, explica que a mobilização para evitar a aprovação da atual proposta orçamentária continua. Ela informa que uma reunião já está marcada hoje com representantes das comissões de Saúde e de Orçamento para discutir os números previstos na peça orçamentária.

Na semana passada, o Conselho enviou ofícios ao gabinete de cada vereador para informar que não aprovou o orçamento para a Saúde em 2018. O órgão posicionou que a Prefeitura prevê aplicar menos recursos próprios do que este ano no setor e argumenta que o montante será insuficiente para manter a assistência, pagamento dos funcionários, compra de remédios e demais despesas da pasta.

O Conselho solicita aos vereadores que cobrem a recomposição dos R$1,6 milhão cortados dos recursos próprios. “Pedimos que, como representantes legítimos da população, não aprovem o orçamento do município/2018 até que a Prefeitura faça as correções solicitadas pelo Conselho”, continua o texto.

O projeto de lei referente ao orçamento do próximo ano deve ser votado até o início de dezembro, em dois turnos, na Câmara Municipal. A matéria já entrou em tramitação na Casa e agora passa por análise das comissões.



OUTRAS NOTCIAS


Servidores do Ipsemg entram em greve a partir de hoje por melhor atendimento (23/02)
Tribunal de Contas far auditoria para apurar atraso em repasses em Minas (23/02)
Leilo de aparelhos de fbrica da Petrobras no DI-3 finalizado (23/02)
CMU aprova seis projetos na penltima sesso legislativa do ms de fevereiro (23/02)
FGV far plano de negcios para planta de amnia atrair investidores (23/02)
Pauta dos servidores do Legislativo (22/02)
TRE alerta sobre falsos representantes da Justia Eleitoral a eleitores em casa (22/02)
Conselheiras tutelares revelam a falta de vagas na educao infantil (22/02)
Obra feita pela PMU na avenida da Saudade est 80% concluda (22/02)
Leilo dos equipamentos da planta de amnia tem 20 empresas habilitadas (22/02)
Sem disputa, prefeito de Pirajuba reeleito presidente da Amvale (22/02)
Nova fase da Lava Jato cumpre mandados judiciais em quatro estados (22/02)
Maia descarta criao de novos impostos para custear segurana pblica no pas (22/02)
Porta-Voz traz mais 104 convocaes do concurso de 2015 (22/02)
Servidores do Legislativo aprovam pauta para campanha salarial 2018 (21/02)
Cmara Municipal retoma nesta quarta as sesses plenrias do ms (21/02)
Ministrio Pblico investiga desrespeito ao estatuto da Amvale em pagamentos (21/02)
Amvale elege hoje nova diretoria para mandato at o fim deste ano (21/02)
Comea o leilo de aparelhos da planta de amnia da Petrobras (21/02)
Cmara entra com ao no STF para garantir prerrogativa de cassar deputado (21/02)




San Marco
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
RIVER AUTOPEAS
SINTONIZE

ENQUETE
Apesar de a PMU descartar surto de meningite na cidade, h aumento significativo no nmero de casos. A vacinao a forma mais eficaz de preveno. Voc est com a imunizao em dia?







JM FORUM
Aps pedidos de moradores e vereadores, o albergue municipal vai se mudar do Boa Vista para a av. Orlando R. Cunha. Na sua opinio, a mudana positiva?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018