JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 15 de novembro de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Servidor tem direito de receber IR de férias-prêmio

Servidores públicos municipais que venderam férias-prêmio no período de 2001 a 2004 ainda podem ter dinheiro

- Por Mára Santos Última atualização: 26/08/2009 - 22:41:30.

Servidores públicos municipais que venderam férias-prêmio no período de 2001 a 2004 ainda podem ter dinheiro para receber do município. O advogado Sérgio Cad informou que centenas de funcionários públicos municipais que venderam o benefício neste período tiveram descontado na época Imposto de Renda retido na fonte. “Este valor não podia ter ficado retido. É indevido, ilegal”, afirmou o advogado, que também é servidor público.

O período é referente à administração do ex-prefeito Marcos Montes, que tinha como secretário municipal de Fazenda Tarquilino Teixeira Neto. O advogado afirmou que o servidor deve requerer o valor descontado via Justiça. “Em casos que já se passaram mais de cinco anos, a Prefeitura alega que está prescrito conforme o Código Tributário e que não é obrigado a pagar”, enfatizou o advogado. “Mas os tribunais decidiram por jurisprudência que estes direitos são de 10 anos”, acrescentou.

São mais de R$ 500 mil retidos pelo município e que podem voltar ao bolso do servidor, mas, ainda de acordo com Cad, muitos não têm conhecimento desse direito. Alguns casos já foram ganhos em primeira instância, mas o advogado salientou que, como cabem recursos, ainda estão nas mãos da Justiça.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia