Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
POLTICA
Tamanho do texto: A A A A
Mra Santos - 25/10/2009

Policiais discutem piso nacional

Compartilhar:

Proposta de Emenda Constitucional que propõe a criação de um piso salarial único para os policiais e bombeiros militares, a PEC 300 poderá ser votada ainda este ano. Esta é a expectativa do deputado federal Elismar Prado (PT), membro da comissão especial que analisa a proposta.

A isonomia salarial dos servidores militares estaduais é um tema discutido nacionalmente. A discussão chegou a Uberaba ontem, na sede da CDL, e foi tema de audiência realizada pelo Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar, presidido pelo cabo Álvaro Rodrigues Coelho.

Para o deputado, a remuneração dos policiais não pode ser inferior ao que se paga aos policiais do Distrito Federal. “Estamos realizando várias audiências no sentido de chamar a atenção da sociedade para a necessidade imediata de estabelecer uma política de valorização dos profissionais da área de segurança pública”, salientou.

Prado enfatizou ainda que os policiais de Minas Gerais têm um dos piores salários do Brasil e que o objetivo da PEC é devolver a dignidade a estes profissionais. Durante a audiência, o deputado explicou que a proposta não é uma questão política e sim de Estado, por isso todos os governadores serão cobrados, independentemente do partido.

Segundo dados divulgados pelo Centro Social, enquanto um soldado 1ª classe do Distrito Federal recebe salário de R$ 4.129, o de Minas tem remuneração de R$ 1.774. A diferença salarial entre os policiais mineiros e do Distrito Federal é de no mínimo 50%.

A previsão de entrega do parecer da comissão é início de novembro. Ele garantiu que haverá uma grande mobilização nacional com o desafio de incluir a proposta na ordem do dia da Câmara. Serão necessários 308 votos favoráveis para que a PEC seja aprovada. Ele salientou que o ano legislativo está terminando e lembrou que a principal peça a ser votada será o orçamento para o ano que vem, o que consome muito tempo no plenário. “Vamos fazer uma pressão, a PEC vai estar pronta para votação e queremos incluí-la este ano”, concluiu.



OUTRAS NOTCIAS


Semana da Sade Bucal comea nesta segunda focada no combate ao cncer (22/10)
Piau diz que analisar locao de equipamentos para iluminao de LED (22/10)
Organizao faz avaliao positiva dos trs dias de programao da ExpoCigra (22/10)
Empresas devem fechar proposta de reajuste do nibus em novembro (22/10)
Petrobras coloca equipamentos da planta de amnia em leilo (22/10)
Novo plano diretor deve permitir crescimento da cidade para o norte (22/10)
Temer assina decreto que converte multa ambiental em prestao de servios (22/10)
Cmara analisa mudanas na legislao de planos de sade para beneficiar idosos (22/10)
Maro recorre ao Estado para concluso das obras de reforma da delegacia da PC (21/10)
Vereadores buscam explicaes de secretrio sobre cortes para Sade (21/10)
Marcos Montes premiado pela defesa do setor agropecurio (21/10)
Militares vo CMU falar sobre o Proerd, que j atendeu mais de 70 mil estudantes (21/10)
Pr-candidato se esquiva de falar sobre propostas para atender ruralistas (21/10)
Bolsonaro defende porte de arma e quer lei americana para o Brasil (21/10)
Empreendedorismo ser tema de comdia teatral para fechar a 5 ExpoCigra Fiemg (20/10)
Conselho discute recursos para Sade com comisses da CMU (20/10)
Vereador cobra informaes da PMU a respeito de convocaes (20/10)
Pr-candidato Jair Bolsonaro cumpre agenda hoje na cidade (20/10)
Jair Bolsonaro recepcionado com festa por apoiadores em Uberaba (20/10)
Comisso de Constituio e Justia aprova relatrio a favor de Temer na Cmara Federal (19/10)




EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Projeto de Lei elaborado pela PMU prope o pagamento de taxa para regulamentar a atuao do Uber no municpio. Voc acredita que esta uma medida eficaz para acabar com a queda de brao entre motoristas do aplicativo e taxistas?




JM FORUM
Recentemente, trs alunas de escolas municipais e estadual ficaram entre as melhores do mundo na final do Panamericano de Ginstica Acrobtica, nos Estados Unidos. Para a viagem, as ginastas contaram com patrocnio de empresas locais. Outros grupos no tm a mesma sorte, no entanto. Na sua opinio, o que falta para o setor privado incentivar os estudantes a irem alm das fronteiras?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017