Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
POLTICA
Tamanho do texto: A A A A
Mra Santos - 25/10/2009

Policiais discutem piso nacional

Compartilhar:

Proposta de Emenda Constitucional que propõe a criação de um piso salarial único para os policiais e bombeiros militares, a PEC 300 poderá ser votada ainda este ano. Esta é a expectativa do deputado federal Elismar Prado (PT), membro da comissão especial que analisa a proposta.

A isonomia salarial dos servidores militares estaduais é um tema discutido nacionalmente. A discussão chegou a Uberaba ontem, na sede da CDL, e foi tema de audiência realizada pelo Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar, presidido pelo cabo Álvaro Rodrigues Coelho.

Para o deputado, a remuneração dos policiais não pode ser inferior ao que se paga aos policiais do Distrito Federal. “Estamos realizando várias audiências no sentido de chamar a atenção da sociedade para a necessidade imediata de estabelecer uma política de valorização dos profissionais da área de segurança pública”, salientou.

Prado enfatizou ainda que os policiais de Minas Gerais têm um dos piores salários do Brasil e que o objetivo da PEC é devolver a dignidade a estes profissionais. Durante a audiência, o deputado explicou que a proposta não é uma questão política e sim de Estado, por isso todos os governadores serão cobrados, independentemente do partido.

Segundo dados divulgados pelo Centro Social, enquanto um soldado 1ª classe do Distrito Federal recebe salário de R$ 4.129, o de Minas tem remuneração de R$ 1.774. A diferença salarial entre os policiais mineiros e do Distrito Federal é de no mínimo 50%.

A previsão de entrega do parecer da comissão é início de novembro. Ele garantiu que haverá uma grande mobilização nacional com o desafio de incluir a proposta na ordem do dia da Câmara. Serão necessários 308 votos favoráveis para que a PEC seja aprovada. Ele salientou que o ano legislativo está terminando e lembrou que a principal peça a ser votada será o orçamento para o ano que vem, o que consome muito tempo no plenário. “Vamos fazer uma pressão, a PEC vai estar pronta para votação e queremos incluí-la este ano”, concluiu.



OUTRAS NOTCIAS


Ocupao da regio comeou h 40 anos e cresceu a partir dos anos 90, exigindo a obra (26/06)
Ocupao da regio comeou h 40 anos e cresceu a partir dos anos 90, exigindo a obra (26/06)
Piau nomeia equipes responsveis por repassar informaes peridicas ao TCE (25/06)
Melhoria nas vias de acesso viabiliza investimento de 120 mi (25/06)
Primeiro dia aps liberao, trfego do viaduto tem aprovao (25/06)
Convnio com as UPAs no inclui a gesto do Hospital Regional (25/06)
Presidente diz que Conselho de Sade no deliberou sobre Funepu (25/06)
Votao da matria gera dvida por causa de erro na pauta da reunio (24/06)
Cmara aprova projeto que torna Uberaba cidade irm de indianas (24/06)
PMU arrecada R$ 4 milhes com a venda de 2 reas em leilo (24/06)
Aps atraso de seis meses, obra da Padre Eddie inaugurada e aberta ao trnsito (24/06)
Secretrio nega inadimplncia com OS e afirma que o Hospital no seria soluo (24/06)
Pr-Sade acusa Prefeitura de descumprir contrato de gesto (24/06)
Secretrio diz que apresentou plano de trabalho e minuta ao Conselho (23/06)
Justia determina bloqueio de recursos para acerto trabalhista (23/06)
Ausncia de convite a vereadores para ato de assinatura de convnio gera revolta (23/06)
Surpreendidos com as mudanas, os funcionrios dispensados protestaram (23/06)
Funepu estar integralmente na gesto das UPAs a partir de hoje (23/06)
Cmara vota projeto que torna cidades da ndia irms de Uberaba nesta quinta (22/06)
Sindicalistas pedem explicaes sobre nova prorrogao de acordo com a RN (22/06)




Boulevard Mall Edson Prata - novo
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Voc acredita que o Hospital Regional abrir as portas at agosto?




JM FORUM
Aps derrota no Senado, a tramitao da Reforma Trabalhista segue e deve chegar votao em plenrio at o fim do ms. Qual a sua opinio sobre a reforma?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017