JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 10 de dezembro de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Sindemu diz que município recuou em acordo de 2017 com educadores infantis

Em meio a processo de negociação salarial para 2018, embate entre Sindemu e a Prefeitura reverberou nas redes sociais

- Por Gisele Barcelos Última atualização: 13/03/2018 - 23:05:23.

Em meio a processo de negociação salarial para 2018, embate entre Sindemu (Sindicato dos Educadores de Município de Uberaba) e a Prefeitura reverberou nas redes sociais na última semana. Sindicalistas afirmaram que o Executivo havia recuado de acordo firmado no ano passado para transformar os educadores infantis em professores de educação infantil.

De acordo com o presidente do Sindemu, Bruno Ferreira, a administração municipal recuou da criação do novo cargo porque a categoria não aprovou em assembleia modificações na carga horária do professor de educação básica das séries iniciais. O sindicalista questiona a situação e argumenta que a proposta encaminhada pela Prefeitura não condicionava a mudança na carreira de educador infantil à aprovação dos demais itens. “Em momento nenhum o Executivo expressou que seria um pacote fechado. A análise e a resposta foram dadas a cada item”, declara.

Segundo o líder sindical, as modificações na carga horária dos professores de educação básica das séries iniciais foi item contestado na última assembleia. “Foi a assembleia que rejeitou. Não foi o sindicato.” Ferreira afirma que o departamento jurídico do sindicato foi acionado e estuda providências a serem adotadas para garantir o cumprimento do acordo, com a transformação do educador infantil em professor de educação básica infantil. Questionado sobre risco de paralisação das atividades, ele declara que a intenção é tentar um consenso pelo diálogo com o governo municipal.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia