Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
POLTICA
Tamanho do texto: A A A A
Gisele Barcelos - 12/08/2017

Queda em investimentos se deve escassez de verba federal, diz Piau

Compartilhar:

O prefeito Paulo Piau (PMDB) não recebeu com preocupação o resultado do índice Firjan 2017. O chefe do Executivo avalia que a menor aplicação em Investimentos prejudicou a nota final, mas se deve à necessidade de priorizar os recursos para a manutenção dos serviços essenciais como Educação e Saúde.

Piau argumenta que a queda no desempenho do indicador reflete a escassez de verba do governo federal e o Estado para o investimento em obras nos municípios. Segundo ele, as prefeituras não têm condições de aplicar em novas construções, sob pena de diminuir o montante para a manutenção dos serviços essenciais. “É uma questão de opção: ou mantém a prestação de serviços à comunidade ou investe em obras”, pondera.

O prefeito ainda posiciona que a avaliação da Firjan considera somente a questão financeira, não os resultados práticos. De acordo com o chefe do Executivo, a decisão tomada trouxe impacto positivo no desempenho da rede municipal de ensino. “Uberaba é a primeira cidade de Minas Gerais no serviço de Educação [Ideb]”, declara.

Quanto ao conceito baixo no indicador Liquidez por causa das dívidas acumuladas de um ano para o outro, PP minimiza a situação e declara que o Tesouro Nacional já avaliou que capacidade de endividamento do município. “A Prefeitura tem capacidade de tomada de empréstimo”, defende.

Além disso, o chefe do Executivo afirma que medidas estão sendo tomadas para melhorar o fluxo de caixa dos cofres municipais. Ele cita que a revisão da planta genérica de valores e o georreferenciamento serão ações que trarão impacto positivo, pois a tabela de cálculo do IPTU está defasada e o cadastro imobiliário também. Com isso, ele espera aumento no desempenho de Uberaba nas próximas edições do índice Firjan.

Levantamento avaliou situação fiscal de 740 dos 853 municípios mineiros. O IFGF avaliou a situação fiscal de 740 das 853 cidades mineiras. Outras 113 cidades não foram avaliadas, pois não declararam seus dados à Secretaria do Tesouro Nacional (STN), como determina a lei, ou as informações estavam inconsistentes.

A primeira colocada no ranking estadual foi a cidade de Extrema, que conquistou grau de excelência em quatro dos cinco indicadores analisados, com destaque para as notas máximas no IFGF Investimentos, já observado em 2015, e no IFGF Liquidez. Ouro Fino, São José da Barra e Mato Verde também obtiveram nota máxima no IFGF Investimentos, pois destinaram mais de 20% de suas receitas para investimentos.

Entre as cinco maiores cidades mineiras, apenas BH e Contagem (0,6573) apresentaram boa gestão fiscal. Uberlândia (0,5353), Juiz de Fora (0,5959) e Betim (0,5204) estão em situação fiscal difícil. Betim saltou de nota zero em Liquidez em 2015 para conceito B. 



OUTRAS NOTCIAS


Semana da Sade Bucal comea nesta segunda focada no combate ao cncer (22/10)
Piau diz que analisar locao de equipamentos para iluminao de LED (22/10)
Organizao faz avaliao positiva dos trs dias de programao da ExpoCigra (22/10)
Empresas devem fechar proposta de reajuste do nibus em novembro (22/10)
Petrobras coloca equipamentos da planta de amnia em leilo (22/10)
Novo plano diretor deve permitir crescimento da cidade para o norte (22/10)
Temer assina decreto que converte multa ambiental em prestao de servios (22/10)
Cmara analisa mudanas na legislao de planos de sade para beneficiar idosos (22/10)
Maro recorre ao Estado para concluso das obras de reforma da delegacia da PC (21/10)
Vereadores buscam explicaes de secretrio sobre cortes para Sade (21/10)
Marcos Montes premiado pela defesa do setor agropecurio (21/10)
Militares vo CMU falar sobre o Proerd, que j atendeu mais de 70 mil estudantes (21/10)
Pr-candidato se esquiva de falar sobre propostas para atender ruralistas (21/10)
Bolsonaro defende porte de arma e quer lei americana para o Brasil (21/10)
Empreendedorismo ser tema de comdia teatral para fechar a 5 ExpoCigra Fiemg (20/10)
Conselho discute recursos para Sade com comisses da CMU (20/10)
Vereador cobra informaes da PMU a respeito de convocaes (20/10)
Pr-candidato Jair Bolsonaro cumpre agenda hoje na cidade (20/10)
Jair Bolsonaro recepcionado com festa por apoiadores em Uberaba (20/10)
Comisso de Constituio e Justia aprova relatrio a favor de Temer na Cmara Federal (19/10)




EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Projeto de Lei elaborado pela PMU prope o pagamento de taxa para regulamentar a atuao do Uber no municpio. Voc acredita que esta uma medida eficaz para acabar com a queda de brao entre motoristas do aplicativo e taxistas?




JM FORUM
Recentemente, trs alunas de escolas municipais e estadual ficaram entre as melhores do mundo na final do Panamericano de Ginstica Acrobtica, nos Estados Unidos. Para a viagem, as ginastas contaram com patrocnio de empresas locais. Outros grupos no tm a mesma sorte, no entanto. Na sua opinio, o que falta para o setor privado incentivar os estudantes a irem alm das fronteiras?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017