Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
POLTICA
Tamanho do texto: A A A A
Gisele Barcelos - 19/05/2017

Senador Acio afastado do cargo e sua irm acaba presa em Minas

Compartilhar:

Reprodução


Andrea Neves, irmão de Aécio, é fichada pela polícia em Belo Horizonte

Também citado na delação do executivo da JBS, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) foi afastado do cargo pelo STF (Supremo Tribunal Federal). O tucano, que teria aparecido em gravação pedindo R$2 milhões a donos do frigorífico, também teve a prisão solicitada pela Procuradoria Geral da República, mas o pedido foi negado pelo STF.

Ontem, a Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão nas residências do parlamentar em Brasília, Belo Horizonte e no Rio de Janeiro. A operação também culminou na prisão irmã do senador, Andrea Neves, e do primo, Frederico Pacheco de Medeiros. Segundo as investigações, Medeiros recebeu o dinheiro que o empresário Joesley Batista direcionou a Aécio.

Após a repercussão do caso, Aécio anunciou que vai se licenciar da presidência nacional do partido e indicou o nome do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) para assumir de forma interina o comando do ninho dos tucanos. Em nota, o senador posicionou que estará focado na preparação para se defender das acusações feitas à Justiça. "A partir de agora, minha única prioridade será preparar minha defesa e provar o absurdo dessas acusações e o equívoco dessas medidas", continua o texto.

Ainda no comunicado, o tucano diz estar certo de que as investigações mostrarão a "correção" dos atos dele e dos familiares. "Dedicarei-me diuturnamente a provar a minha inocência e de meus familiares para resgatar a honra e a dignidade que construí ao longo de meus mais de trinta anos de vida dedicada à política", encerra a nota.

O deputado Rocha Loures (PMDB-PR), um dos assessores mais próximos do presidente Michel Temer e que teria sido filmado recebendo uma mala de R$500 mil, também foi afastado do cargo a pedido da Procuradoria Geral da República.

Além disso, foram presos uma pessoa ligada a Lúcio Bolonha Funaro, apontado como operador de Eduardo Cunha, e um assessor do senador Zezé Perrella (PMDB-MG). Outro detido é o procurador da República Ângelo Goulart Vilela, do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), suspeito de se infiltrar em investigação relacionada ao frigorífico.



OUTRAS NOTCIAS


Conferncia do PCdoB elege sindicalista para o comando da sigla em Uberaba (24/09)
Piau diz que cronograma para pagar emendas foi estabelecido (24/09)
Aprovado projeto que permite ao municpio receber ISSQN de operadoras de cartes (24/09)
Audincia para discutir projeto da represa do rio Uberaba adiada (24/09)
Trs empresas disputam licitao da rea Azul na prxima tera (24/09)
Presidente da Fundao de Esporte e Lazer diz j ter atividades para o CIE (23/09)
Defesa alega ataque poltico e diz que citados no tm relao de parentesco (23/09)
Promotor apura nepotismo em denncia contra secretrio (23/09)
Picciani deve deixar governo para defender Temer na Cmara (23/09)
Piau pede a ministro R$ 40 mi para projetos na rea de esportes (23/09)
Peloto do Meio Ambiente comemora Dia da rvore (22/09)
Ministro inaugura o Centro de Iniciao ao Esporte nesta sexta (22/09)
Sindicato analisa para que RN atenda a quem no aderir Unimed (22/09)
Vereador aciona Polcia Civil e MP contra possvel cartel dos postos (22/09)
Publicado decreto que vai multar quem desperdiar gua na cidade (21/09)
Prefeitos da regio apresentam reivindicaes ao governador (21/09)
Planta genrica para atualizar o IPTU entra em tramitao na CMU (21/09)
Duas empresas disputam licitao de R$ 7,7 mi do georreferenciamento (21/09)
Unimed assina contrato com PMU e comea a entregar carteiras hoje (21/09)
Cmara Municipal cobra a liberao das emendas parlamentares do ano de 2017 (20/09)




EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Publicado decreto de n 1.083/2017, que tem durao de 30 dias, que vai multar quem desperdiar gua em Uberaba. Voc concorda com a medida?




JM FORUM
Operao do Comando de Operaes Especiais do Sistema Prisional (Cope) na penitenciria Professor Aluzio Igncio de Oliveira visa coibir atuao do PCC na unidade. Na sua opinio, a atuao se faz necessria e eficaz?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017