Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
POLTICA
Tamanho do texto: A A A A
Gisele Barcelos - 21/04/2017

Projetos culturais aguardam desde novembro a liberao de recursos

Compartilhar:

Projetos aprovados no Fundo Municipal de Cultura aguardam liberação de verba pela Prefeitura para sair do papel. Os convênios foram assinados em novembro do ano passado, mas até agora os recursos não foram pagos para a execução das propostas. O atraso vem gerando diversas críticas nas redes sociais.

O presidente da Fundação Cultural, Antônio Carlos Marques, justifica que problemas de fluxo de caixa impossibilitaram a liberação da verba anteriormente. No entanto, ele assegura que o recurso será pago para o desenvolvimento dos projetos este ano. Marques afirma que já se reuniu com a equipe administrativa e financeira da Prefeitura para tratar a situação. De acordo com ele, o pagamento será inserido na programação financeira da Prefeitura, dentro da capacidade do fluxo de caixa. “Ainda não tenho o posicionamento sobre a data, mas está acertado que temos que pagar. Vamos ver como será feito: de uma vez ou parcelado”, pondera.

O presidente da Fundação salienta que a questão financeira está sendo verificada para estabelecer o cronograma até a próxima semana. “Devido à questão do fluxo, o duodécimo passado para a fundação está fracionado. Se der para pagar tudo, faremos. Se não, vamos dividir em no máximo três parcelas”, declara.

Já o secretário municipal de Finanças, Wellington Fontes, manifestou que houve dificuldade para alocar os recursos porque o montante não foi previsto no orçamento deste ano. No entanto, ele afirma que a questão pode ser sanada com o remanejamento de verba de outras ações para o fundo. Ao todo, 17 propostas foram selecionadas em 2016 para receber verba do Fundo Municipal de Cultura. O investimento total ficou em torno de R$317,5 mil.

Na assinatura dos convênios, o prefeito Paulo Piau (PMDB) posicionou que a meta é liberar os recursos o mais breve possível para viabilizar o começo da execução dos projetos culturais. No entanto, a data para o repasse dos recursos ainda não foi divulgada.



OUTRAS NOTCIAS


Maro recorre ao Estado para concluso das obras de reforma da delegacia da PC (21/10)
Vereadores buscam explicaes de secretrio sobre cortes para Sade (21/10)
Marcos Montes premiado pela defesa do setor agropecurio (21/10)
Militares vo CMU falar sobre o Proerd, que j atendeu mais de 70 mil estudantes (21/10)
Pr-candidato se esquiva de falar sobre propostas para atender ruralistas (21/10)
Bolsonaro defende porte de arma e quer lei americana para o Brasil (21/10)
Empreendedorismo ser tema de comdia teatral para fechar a 5 ExpoCigra Fiemg (20/10)
Conselho discute recursos para Sade com comisses da CMU (20/10)
Vereador cobra informaes da PMU a respeito de convocaes (20/10)
Pr-candidato Jair Bolsonaro cumpre agenda hoje na cidade (20/10)
Jair Bolsonaro recepcionado com festa por apoiadores em Uberaba (20/10)
Comisso de Constituio e Justia aprova relatrio a favor de Temer na Cmara Federal (19/10)
Projeto que cria protocolo para vagas nos Cemeis fica para o prximo ms (19/10)
Vereadores modificam lei que fixa os subsdios dos secretrios (19/10)
Multas de trnsito podero ser quitadas com cartes (19/10)
Investidores anunciam a reativao da unidade da Copervale (19/10)
Com cinco projetos em pauta, vereadores apreciam protocolo de vagas nos Cemeis (18/10)
Locao de equipamentos pode oferecer iluminao de LED em um ano na cidade (18/10)
Ofcio pede CMU que no aprove oramento com reduo na Sade (18/10)
Ocupao de rea de proteo do rio Uberaba contestada em audincia (18/10)




EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Projeto de Lei elaborado pela PMU prope o pagamento de taxa para regulamentar a atuao do Uber no municpio. Voc acredita que esta uma medida eficaz para acabar com a queda de brao entre motoristas do aplicativo e taxistas?




JM FORUM
Recentemente, trs alunas de escolas municipais e estadual ficaram entre as melhores do mundo na final do Panamericano de Ginstica Acrobtica, nos Estados Unidos. Para a viagem, as ginastas contaram com patrocnio de empresas locais. Outros grupos no tm a mesma sorte, no entanto. Na sua opinio, o que falta para o setor privado incentivar os estudantes a irem alm das fronteiras?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017