JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 16 de novembro de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Chineses mostram interesse em investir na área do agronegócio

O prefeito Paulo Piau destacou a contribuição de Uberaba para o agronegócio, na produção de grãos, e também no melhoramento genético da raça zebuína

- Por Gisele Barcelos Última atualização: 06/01/2017 - 07:17:58.

Foto/Enerson Cleiton/PMU


Paulo Piau reforçou as vantagens logísticas da cidade para o escoamento de produtos por meio do porto de Santos

O prefeito Paulo Piau (PMDB) se reuniu ontem com representantes de um grupo chinês ligado à área do agronegócio para discutir possível novo empreendimento para a Zona de Exportação (ZPE) de Uberaba.

A comitiva chinesa representa o grupo Chongqing Grain, cuja subsidiária brasileira é a Universo Verde e já possui um projeto em andamento na Bahia para a instalação de uma fábrica de esmagamento de soja.

Na reunião, os dirigentes da empresa posicionaram que a proposta é ampliar os negócios no Brasil e exportar para a China produtos derivados do agronegócio, como: leite, soja, carne e café. Por isso, o interesse em conhecer as potencialidades do Triângulo Mineiro.

O prefeito destacou a contribuição de Uberaba para o agronegócio, na produção de grãos, e também no melhoramento genético da raça zebuína. Além disso, Piau reforçou as vantagens logísticas da cidade para o escoamento de produtos, com a estrutura do porto seco, da Casemg e também do terminal rodoferroviário da VLI. Ele ainda citou que a ferrovia interliga o Triângulo Mineiro ao porto de Santos, onde são embarcados os produtos para exportação para a China.

Um dos investidores da ZPE de Uberaba, Mário Renato Palmério Assumpção, explicou que as tratativas com o grupo asiático ocorrem desde 2013. Na época, ele participou de uma missão na China, juntamente com lideranças do governo do Estado da Bahia.

Já o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, José Renato Gomes, afirmou que manterá contato com os representantes do grupo chinês para consolidar o investimento na ZPE. “O que eles precisam nós temos aqui, sejam produtos ou transporte. Passamos todas as informações necessárias e vamos continuar em contato. Na China existem centenas de ZPE’s. Eles sabem o quanto são eficientes no desembaraço de mercadorias. Por isso, os representantes da ZPE de Uberaba também participaram da reunião. Vamos alinhando as ações para resultar em negócio para Uberaba, pois o nosso foco é gerar emprego, renda e riqueza no município”, acrescentou.

A comitiva ainda visitou a unidade da Casemg em Uberaba, as instalações do porto seco, o Parque Tecnológico e também a área onde futuramente será implantada a ZPE.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia