JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 21 de julho de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Município tem a 5ª menor tarifa de água do país, afirma Luiz Guaritá

Luiz Neto expressou que os últimos reajustes nas tarifas da Codau foram necessários devido aos aumentos que a energia elétrica sofreu

25/06/2019 - 00:00:00. - Por Luiz Gustavo Rezende Última atualização: 25/06/2019 - 14:54:35.

Presidente da Companhia Operacional de Desenvolvimento, Saneamento e Ações Urbanas (Codau), Luiz Guaritá Neto, questionado sobre as tarifas praticadas pelos serviços em Uberaba, afirma que a autarquia possui a quinta menor tarifa entre as 100 maiores cidades do país. Ele deu a declaração em entrevista à Rádio JM 95.5 FM, no programa informativo JM News 1ª Edição, na semana que passou. 

Luiz Neto expressou que os últimos reajustes nas tarifas da Codau foram necessários devido aos aumentos que a energia elétrica sofreu. “Apenas em um ano, em 2014, nós tivemos um tarifaço na energia elétrica de 42%”, aponta, em tom de justificativa. Ele emendou na sequência que a água não é paga, porém, o grande custo é o bombeamento do produto da captação até a cidade. “Nós não pagamos pela água no rio, nós pagamos pelo transporte. Codau é uma transportadora de água”, diz.

De acordo com ele, se comparados os valores praticados pela Copasa (Companhia de Saneamento de Minas Gerais), os preços da Codau são 35% mais baratos. Se comparadas com a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), as tarifas de Uberaba são 25% menores. Os preços, como Luiz Neto mencionou, é sobre consumo de até 18 metros cúbicos de água por mês. 

Por fim, ele revelou que, entre as cidades da região, somente Uberlândia possui tarifas menores que Uberaba, e isso se dá porque a fonte de captação está em um nível de altura privilegiado. “Eles captam água no rio Araguari e a água segue para a cidade praticamente só pela gravidade”, aponta.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia