JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 17 de junho de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Na Câmara, organizadores revelam que CIA movimenta R$ 10 milhões na cidade

O presidente da Câmara, vereador Ismar Marão, questionou os benefícios que a cidade recebe por disponibilizar os espaços para o evento

12/06/2019 - 00:00:00. - Por Luiz Gustavo Rezende Última atualização: 12/06/2019 - 08:11:51.

Foto/ Rodrigo Garcia/CMU


Organizadores da Copa Inter Atléticas estiveram no plenário da Câmara Municipal, quando falaram do evento que acontece no feriado da próxima semana

Organizadores da Copa Inter Atléticas (CIA), que realiza disputa esportiva entre organizações de várias instituições de ensino superior do país, participaram de reunião na Câmara Municipal de Uberaba (CMU) ontem. Eles estimam que o evento, que também tem grande parte recreativa, irá movimentar R$10 milhões em diversos setores da cidade, com público previsto de 30 mil pessoas por dia. 

Vítor Batista, diretor de produção da EXP Entretenimentos, em entrevista ao Jornal da Manhã, ressaltou que o evento movimenta a economia de forma geral. “São muitos setores beneficiados, começando pela hotelaria e alcançando outra série de setores”, aponta. De acordo com ele, são cerca de mil empregos diretos e indiretos movimentados para que o evento seja realizado.

A primeira edição da CIA aconteceu em 2015 e este ano terá a disputa de 1.300 jogos de 23 modalidades esportivas diferentes. Para atender à demanda, a organização utilizará 34 praças esportivas na cidade. Em vídeo exibido no plenário da CMU, afirmam que a organização disponibilizará local para realização de atendimentos nas especialidades de fisioterapia e crioterapia. Batista expressou que a edição deste ano reunirá atléticas de 41 cidades de oito estados diferentes. “Esse ano queremos nos consagrar como o maior evento esportivo universitário o país”, revela. Os promotores participaram da sessão a convite do vereador Rubério Santos (MDB), líder do prefeito na Casa. 

O presidente da Câmara, vereador Ismar Marão (PSD), questionou os benefícios que a cidade recebe por disponibilizar os espaços para o evento e ouviu do organizador que na edição de 2018 o evento, em ações diversas, seja de manutenção ou aquisição de materiais, destinou “cerca de R$120 mil em contrapartida” para o município. Outra importante indagação que partiu de Ismar foi sobre a conscientização contra o consumo de substâncias ilícitas.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia