JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 17 de junho de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Dia Municipal do Cooperativismo passa a integrar o calendário oficial da cidade

O Projeto de Lei de autoria dos vereadores Ismar Marão (PSD) e Agnaldo Silva (PSD) foi aprovado ontem

11/06/2019 - 00:00:00. Última atualização: 11/06/2019 - 08:34:04.

Foto/Rodrigo Garcia/CMU


Presidente da Unimed, Wilson Adriano Abrão Borges; a presidente do Cicoob/Credmed, Maria Elisa de Poi Cruz; a gestora de comunicação do Cicoob/Credmed, Ana Caroline Naves, e o gerente Uniodonto, Fabiano Lopes, acompanharam a reunião

O Dia Municipal de Apoio ao Cooperativismo agora faz parte do Calendário Popular do Município. O Projeto de Lei de autoria dos vereadores Ismar “Marão” (PSD) e Agnaldo Silva (PSD) foi aprovado ontem. Representantes de cooperativas da cidade estiveram presentes no plenário, como o presidente da Unimed, Wilson Adriano Abrão Borges; a presidente do Cicoob/Credmed, Maria Elisa de Poi Cruz; a gestora de comunicação do Cicoob/Credmed; Ana Caroline Naves, e o gerente Uniodonto, Fabiano Lopes. 

O vereador Agnaldo Silva apresentou uma emenda, que foi aprovada, especificando o primeiro sábado do mês de julho para comemorar a data. Além de destacar a importância do projeto aprovado, Agnaldo ainda diz esperar que nesta legislatura seja votado o Código Tributário, que vai beneficiar o cooperativismo na cidade.

Para o vereador Alan Carlos da Silva (Patri), Uberaba é privilegiada pela qualidade das pessoas que estão à frente destas instituições. “A questão do cooperativismo é algo que precisa avançar, levar para as novas gerações o valor de sua importância”, disse ele.

O líder do Executivo, vereador Rubério dos Santos (MDB), enalteceu a iniciativa, afirmando que o cooperativismo traz excelente resultados, com amplos trabalhos sociais. Ele lembrou que as cooperativas adotam praças e deixam claro que continuam trazendo resultados para a sociedade.

Segundo Almir Silva (PR), o prefeito Paulo Piau precisa entender que é o momento de trabalhar e formatar Parcerias Público-Privadas (PPPs). Ele lembrou que apresentou na Casa um projeto que se chama “Praças Conectadas”, o qual teve parecer de inconstitucionalidade e já foi entregue na mão do prefeito. Almir defendeu que seja feita uma PPP para viabilizar o projeto. 

De acordo com “Marão”, foi um projeto amplamente discutido pelas cooperativas e o que podem fazer em prol da população. Ele destacou que são academias instaladas nas praças, ou mesmo praças mantidas pelas cooperativas. O presidente agradeceu pela parceria que as cooperativas têm com a população.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia