JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 20 de maio de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Prefeitura tenta derrubar liminar que suspendeu castração de cães

Prefeitura vai recorrer no Tribunal de Justiça de Minas Gerais para tentar derrubar liminar que suspendeu castrações farmacológicas

18/04/2019 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos Última atualização: 18/04/2019 - 08:32:36.

Foto/Divulgação PMU

Produto que será usado na castração está com data de validade em dia

Prefeitura vai recorrer no Tribunal de Justiça de Minas Gerais para tentar derrubar liminar que suspendeu castrações farmacológicas no Programa de Manejo Populacional de Cães e Gatos. As castrações teriam início no fim de semana, mas foram interrompidas por uma ação cível pública impetrada por uma ONG da cidade. 

Para tentar reverter a suspensão, a Prefeitura encaminha hoje material buscando comprovar que a utilização do Infertile tem parecer positivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e dos Conselhos Regional e Federal de Medicina Veterinária.

A chefe do Departamento de Controle de Zoonoses e Endemias da Secretaria de Saúde, Lara Rocha Batista, garante que o planejamento do programa tem sido acompanhado pelo Ministério Público. “Também tivemos o acompanhamento do Conselho Regional de Medicina Veterinária, e o Conselho Federal também fala que a técnica é aceitável dentro de um programa de manejo populacional, desde que utilizemos o protocolo de analgesia, que vai ser utilizado desde o princípio aqui no município”, posiciona. Além disso, a chefe do departamento assegura que o produto que será usado na castração tem data de fabricação em 2018 e vencimento em 2020, contestando questionamento feito sobre o uso de material com validade expirada. 

Já o procurador-geral do Município, Paulo Salge, manifesta que a castração é benéfica para os animais, pois, além de não trazer qualquer sofrimento, é considerada como medida correta e apropriada para minimizar fertilizações no abandono de animais.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia