JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 25 de junho de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Governo federal extingue cerca de 130 rádios comunitárias em todo país

Associação Brasileira de Rádios Comunitárias (Abraço Brasil) se manifestou em seu site sobre a decisão

09/01/2019 - 00:00:00. - Por Marconi Lima

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), ainda na gestão do ex-presidente Michel Temer (MDB), extinguiu a licença de cerca de 130 rádios comunitárias em diversas regiões do país. Em Uberaba, nem uma dessas emissoras está na lista, mas existem rádios de cidades próximas que tiveram suas outorgas eliminadas.

Portaria 3.894 declarou a extinção da autorização outorgada à Associação Comunitária de Comunicação de Uberlândia. Já a Portaria 3.903 extinguiu a autorização outorgada à Associação Prestadora de Serviços da Comunidade de Perdizes. E ainda teve a Portaria 3.486, que extinguiu a concessão da Associação Comunitária Cultural e Beneficente Topp FM, de Santa Juliana. Segundo o ministério, estas entidades não cumpriram com algumas condições para ter a renovação ou concessão de suas outorgas.

Além dessas cidades próximas a Uberaba, em Minas Gerais, emissoras em Belo Horizonte, São Geraldo do Baixio, Cordislândia, Coimbra, Monte Belo, Lagamar, Santana do Paraíso, Ilicínea, São Geraldo, São Gonçalo do Sapucaí, Itutinga, Jaboticatubas, Itambacuri, Alpercata, Francisco Sá, Santa Bárbara do Monte Verde, Formiga, Paineiras, Uruana de Minas, Pitangui, Pouso Alegre e Águas Formosas foram extintas. 

A Associação Brasileira de Rádios Comunitárias (Abraço Brasil) se manifestou em seu site sobre a decisão do MCTIC. A entidade disse que vê com preocupação a questão e conclamou as emissoras a continuarem a luta pela democratização da comunicação.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia