JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 22 de março de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Sem condições de cumprir acordo, PMU se reúne com as creches conveniadas

Com atraso em repasses para creches conveniadas, representantes do governo municipal se reuniram ontem com dirigentes das entidades do terceiro setor

13/12/2018 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos

Com atraso em repasses para creches conveniadas, representantes do governo municipal se reuniram ontem com dirigentes das entidades do terceiro setor. O débito já havia sido renegociado em outubro e um acordo foi feito para quitar o montante em parceladas, mas apenas a primeira foi paga até agora. Nenhuma previsão foi dada para regularizar o pagamento por enquanto. 

Pelo acerto, a Prefeitura deveria quitar R$2.314.025,39 em quatro parcelas e apenas uma foi paga em outubro. Reivindicando a regularização dos repasses, as entidades posicionaram que quase 60% da verba é destinada para a folha de pagamento e a falta de recursos dificulta o custeio dos serviços.

Presente à reunião, o secretário municipal de Finanças, Wellington Fontes, reforçou a crise financeira vivida por causa dos atrasos nos repasses constitucionais por parte do Estado e declarou não ser possível especificar uma data para a solução do problema. “Estamos trabalhando em achar alternativas para acertar as contas, mas elas não batem. Hoje a nossa perspectiva é zero. A Prefeitura está devendo R$60 milhões, mas estamos aguardando entrar recursos do ICMS, do Fundeb e outros impostos. A única coisa que posso garantir é que, entrando recurso, pagaremos”, disse. 

Já secretária de Educação, Silvana Elias, pediu à Secretaria de Finanças para dar prioridade, pelo menos, ao montante necessário para as entidades quitarem a folha de pagamento do mês e assegurar os recursos referentes à prestação de serviço em novembro. “Há chances de pagarmos, mas não assumo o compromisso enquanto não recebermos. Nós também não temos clareza de nada. Uberaba ainda está em situação muito melhor que outros municípios, estamos trabalhando para isso”, finaliza.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia