JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 22 de março de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Cortes chegam à Cohagra e cinco comissionados são exonerados

Demissões são apenas o início de reestruturação da companhia que deve ter redução de cargos e salários

13/12/2018 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos Última atualização: 13/12/2018 - 07:40:04.

Foto/Arquivo

Vice-presidente, diretor e assessores foram demitidos da Companhia Habitacional do Vale do Rio Grande

Por contenção de despesas, governo municipal anuncia reestruturação na Cohagra e exonera cinco pessoas em cargos de comissão da companhia, inclusive o vice-presidente Lawrence Borges. Em meio às mudanças, Marcos Jammal foi mantido na presidência do órgão. 

O secretário municipal de Governo, Antônio Sebastião de Oliveira, informa que, além do vice-presidente, foram dispensados o diretor de Empreendimento e Expansão, o assessor técnico, assessora de Controle Interno e chefe de seção do CPD. “A gente está dando sequência ao enxugamento da máquina pública. Passamos por todas as secretarias e chegamos à Cohagra”, pondera.

Paralelo às demissões, o secretário afirma que outras ações serão adotadas na companhia para atender ao decreto de emergência financeira. Segundo ele, um levantamento está sendo feito pelo presidente da Cohagra para identificar outras áreas passíveis de cortes. “Também solicitamos que seja feita reforma administrativa com o mesmo objetivo das secretarias: diminuição de cargos e revisão de salários. Esse estudo já está sendo feito”, salienta. 

Além disso, o secretário de Governo manifesta que mais demissões devem ocorrer antes do fim do ano, mas a nova leva de exonerações depende de aprovação na Câmara Municipal do projeto que altera o organograma da Prefeitura. A proposta prevê a fusão das secretarias de Obras e Serviços Urbanos, bem como da Superintendência de Parcerias e Projetos à estrutura da Chefia de Gabinete.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia