Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
POLTICA
Tamanho do texto: A A A A
Gisele Barcelos - 09/01/2017

Prefeito descarta liberao de verba para desfile das escolas de samba

Compartilhar:

Foto/Jairo Chagas


Paulo Piau ainda vai discutir a programação, que deve ser educativa, com o presidente da Fundação Cultural

O prefeito Paulo Piau (PMDB) afirma que as chances são mínimas de liberar recursos públicos para financiar o desfile das escolas de samba no Carnaval deste ano. Diante do arrocho dos cofres municipais, o peemedebista defende a realização de um planejamento econômico em fevereiro.
Piau afirma que a programação da folia ainda será discutida com o presidente da Fundação Cultural, Antônio Carlos Marques, mas adianta que a proposta é realizar atividades educativas para resgatar a história do Carnaval no Brasil e na cidade envolvendo as escolas públicas. Além disso, ele avalia que podem ser feitos shows com artistas locais que já estejam no cronograma da Fundação Cultural.

Quanto ao desfile, o prefeito praticamente descartou a possibilidade da liberação de verba para as escolas de samba. “Este ano acho extremamente difícil a gente desembolsar dinheiro da Prefeitura para o Carnaval”, posiciona.

A situação já era esperada pelo presidente da Liga das Escolas de Samba, Evaldo Alves. Em entrevista ao Jornal da Manhã no mês passado, ele adiantou que o Carnaval em Uberaba poderia ficar novamente sem desfile de rua em 2017. Este será o terceiro ano consecutivo sem a apresentação.
No orçamento municipal para 2017 foi previsto um investimento de R$350 mil para a realização do carnaval de rua. O montante é um pouco superior ao valor aplicado na folia em 2016.

Com R$220 mil em patrocínio da iniciativa privada, a programação do ano passado não incluiu o desfile de ruas, mas contou com festival de marchinhas, concursos de blocos carnavalescos, shows com bandas locais e apresentações apenas das baterias das escolas de samba.

Por causa do aperto financeiro, o prefeito já cortou a realização do Réveillon Popular em 2016. A festa também foi cancelada em 2015 por falta de recursos.



OUTRAS NOTCIAS


Fernando Hueb continua presidente do PMDB at o ms de novembro deste ano (23/08)
Sumayra Oliveira deixa comando da direo municipal do PCdoB local (23/08)
Sesso do Legislativo tem pauta com seis projetos nesta quarta (23/08)
Vereador cobra que novo plano de sade se prepare para atender os servidores (23/08)
Ministro e secretrio vm a Uberaba tratar de Segurana Pblica (23/08)
Modelo de gesto do Restaurante Popular ser votado em setembro (23/08)
Tribunal de Contas cobra devoluo de R$821 mil de ex-prefeito de Araguari (23/08)
Terceirizao do Restaurante Popular deve ser votada pela CMU nesta quarta (22/08)
Mais 77 aprovados no concurso da Prefeitura foram empossados ontem (22/08)
Sindicato dos Educadores cobra reabertura de negociao salarial (22/08)
Reforma poltica domina participao de MM na sesso da Cmara local (22/08)
Ministrio Pblico recomenda checagem das nomeaes de servidores por cotas (22/08)
Apesar de protesto contra, PMU adere ao programa Criana Feliz (22/08)
Maia diz que votar impeachment de Temer traria instabilidade poltica (21/08)
Morre o ex-deputado Joo Bittar aos 54 anos (21/08)
Codau abre licitao este ms para construir barragem no rio Uberaba (21/08)
Curso vai estimular o uso das mesas pedaggicas nos Cemeis (21/08)
Prefeitura deixa de recolher lixo hospitalar do setor privado (21/08)
CMU retoma plenrias aps recesso e traz pauta enxuta (21/08)
Morre, aos 92 anos, ex-senador e fundador do Grupo Carlos Lyra (21/08)




ESPECIAL DE ANIVERSRIO 2017
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Sem consenso entre os parlamentares, votao sobre o modelo do Restaurante Popular ficar para o ms que vem. Voc a favor da terceirizao da gesto?





JM FORUM
Tempo seco aumenta a incidncia de queimadas. Muitos uberabenses desconsideram as orientaes dos bombeiros e colocam fogo em terrenos para promover sua limpeza. Na sua opinio, o que poderia ser feito para conscientizar a populao?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017