Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
POLTICA
Tamanho do texto: A A A A
Marconi Lima - 08/01/2017

Caio Narcio gasta mais de R$ 16 mil alm da cota parlamentar em dezembro

Compartilhar:

A Câmara Federal divulgou os gastos dos deputados com a chamada Cota Parlamentar. Dos representantes de Uberaba no Congresso, um deles extrapolou o limite. Hoje, de acordo com dados do site da Câmara, cada parlamentar mineiro tem direito a R$36.092,71.

O deputado federal Caio Narcio (PSDB) liderou os gastos com a cota no mês de dezembro do ano passado e ultrapassou o limite do benefício. De acordo com o site da Câmara Federal, o tucano utilizou R$52.853,17 (segundo a assessoria de imprensa do legislativo federal, se o parlamentar ultrapassar o limite da cota não tem direito a reembolso). As maiores despesas foram com a divulgação da atividade parlamentar, R$44.719, e com combustíveis e lubrificantes, R$3.738,48.

Em segundo lugar ficou Aelton Freitas, com R$35.725,08. Entre as principais despesas, o parlamentar declarou gastos com serviços postais R$18.718,39, consultorias, pesquisas e trabalhos técnicos R$5 mil, mais R$4.769,57 com combustíveis e lubrificantes e R$3,2 mil com manutenção de escritório.

Zé Silva (SD) declarou a utilização de R$25.944,77. Entre as principais despesas estão: locação e fretamento de veículos, R$8.744,22; combustíveis e lubrificantes, R$4.283,19; divulgação da atividade parlamentar, R$4 mil; serviços postais, R$2.567,95; manutenção de escritório, R$2.145,50; telefonia, R$1.774,63; hospedagem, R$1.109,76, e emissão de bilhete aéreo, R$1.076,79.

Adelmo Carneiro (PT) aparece com gastos de R$17.044,89. A maior despesa foi com consultorias, pesquisas e trabalhos técnicos: R$9 mil. Mais R$5.138,37 foram gastos com manutenção de escritório e R$1.772,84 com telefonia.

Por fim, Marcos Montes (PSD) declarou gastos de R$12.364,32. A maior fatia foi com consultorias, pesquisas e trabalhos técnicos: R$10 mil. Teve ainda a emissão de bilhetes aéreos que consumiram R$1.707,44.

A cota só pode ser utilizada com passagens aéreas; telefonia; serviços postais; manutenção de escritórios de apoio à atividade parlamentar; assinatura de publicações; fornecimento de alimentação ao parlamentar; hospedagem; outras despesas com locomoção, contemplando locação ou fretamento de aeronaves, veículos automotores e embarcações, serviços de táxi, pedágio, estacionamento e passagens terrestres, marítimas ou fluviais; combustíveis e lubrificantes; serviços de segurança; contratação de consultorias e trabalhos técnicos; divulgação da atividade parlamentar, exceto nos 120 dias anteriores às eleições; participação do parlamentar em cursos, palestras, seminários, simpósios, congressos ou eventos congêneres, e para complementação do auxílio-moradia.



OUTRAS NOTCIAS


Em meio a crise, Temer troca comando do Ministrio Justia (28/05)
Servidores do Judicirio, Legislativo e Ministrio Pblico tm aumento aprovado (28/05)
Assembleia aprova projeto de anistia aos servidores grevistas da Educao (28/05)
Uberaba envia documentos para Mapa do Turismo Brasileiro (28/05)
Comisso de Meio Ambiente prope debate sobre descarte de pneus (28/05)
Piau desafia novo presidente do PT a indicar obras paradas (28/05)
PMU cancela de novo licitao da gesto do estacionamento rotativo (28/05)
Assembleia mantm vetos de Pimentel a projeto de Parcerias Pblico-Privadas (27/05)
Com novo parcelamento de dbitos, cidade tem regularidade previdenciria (27/05)
Servidores da Cmara tentam nova negociao antes de greve (27/05)
Aumento de pedgio na BR-050 tem resistncia no Legislativo municipal (27/05)
PMU divulga lista com mais 77 convocaes de concursados (27/05)
Populao definir recurso de cada prefeitura para Hospital Regional (27/05)
Sindicalista afirma que violncia em Braslia no partiu de manifestantes (26/05)
Prefeitos querem derrubar veto de Temer partilha de recursos do ISS (26/05)
Piau pede a deputados incluso de rodoanel e viadutos no oramento (26/05)
Procuradoria diz que 1 escalo recebeu ajuda de custo s em dezembro (26/05)
MP instaura inqurito para ver se reajuste para secretrios foi legal (26/05)
Prefeitura garante manuteno do plano de sade para os servidores (26/05)
Cmara Municipal promulgou nova lei do calendrio popular da cidade (25/05)




Boulevard
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Prxima ao fim, a campanha de vacinao contra a Influenza teve baixa adeso no s no estado, como tambm em Uberaba. Na sua opinio, a que se deve a pouca procura?






JM FORUM
Recentes delaes da JBS colocam polticos uberabenses na mira da propina. Qual a sua avaliao sobre os supostos recebimentos ilegais por parte dos delatados?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017