JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 21 de agosto de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

Secretaria diz que pactuação prevê abertura de mais vagas

O governo se compromete a criar 18 novos centros socioeducativos, que devem gerar cerca de 1.600 vagas de internação

- Por Renato Manfrim Última atualização: 17/12/2017 - 10:10:06.

Em nota, a assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública de Minas Gerais destaca que ações relacionadas à melhoria de unidades e à ampliação do quadro de pessoal são debatidas no Grupo de Trabalho de Atendimento ao Adolescente, periodicamente, com a ciência e acompanhamento de diversos órgãos, entre eles o Ministério Público.

A nota informou também que a Subsecretaria de Atendimento às Medidas Socioeducativas (Suase) é responsável, no Estado, por 36 unidades, sendo 24 centros socioeducativos, 11 casas de semiliberdade e um Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Autor de Ato Infracional (Cia- BH) e estão em andamento editais de chamamento público para implantação de 15 casas de semiliberdade, em várias regiões do Estado, e duas unidades de internação, totalizando 300 novas vagas de semiliberdade e 80 novas vagas de internação.

Ainda conforme nota, em junho deste ano, governo e Ministério Público fecharam acordo classificado como histórico pelo MP, no qual ajustes de infraestrutura, pessoal e abertura de novas vagas no sistema socioeducativo do Estado estão datados e formalizados.

Pelo documento, chamado de 1ª Pactuação de Atos Preparatórios para a Expansão do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo de Minas Gerais, o governo se compromete a criar 18 novos centros socioeducativos, que devem gerar cerca de 1.600 vagas de internação, e buscar a operacionalização de 29 novas unidades para cumprimento de medidas socioeducativas de semiliberdade, com capacidade de 20 vagas cada.

Notícias Relacionadas

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia