Publicidade
Rádio JM
Canais Facebook Twitter RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
POLÍCIA
Tamanho do texto: A A A A
Isabella Lima - 19/12/2013

Fumaça e conversão irregular causam acidente com 8 veículos

Compartilhar:

Jairo Chagas

Depois da conversão irregular de picape, combinada com fumaça, vários veículos foram batendo uns nos outros

 

Acidente na BR-262, próximo ao Residencial 2000, envolveu oito veículos e deixou quatro pessoas feridas no início da noite de ontem. O engavetamento aconteceu por causa de uma conversão proibida e fumaça na pista. O Corpo de Bombeiros e o Samu prestaram socorro às vítimas.

Uma conversão em local proibido provocou o acidente na BR-262, próximo ao Residencial 2000. O fato aconteceu no início da noite de ontem, quando uma picape Strada tentou fazer uma conversão para a pista contrária e se chocou com um Gol que trafegava pelo outro lado. Uma carreta que estava atrás do Gol conseguiu frear, mas foi atingida por caminhão que transportava bois. O motorista do caminhão boiadeiro, E.D.C., 43 anos, ficou preso às ferragens e precisou ser resgatado pelo Corpo de Bombeiros, que constataram fratura no fêmur.

A fumaça proveniente de incêndio às margens da rodovia tirou a visibilidade e fez com que atrás do caminhão boiadeiro batessem um pequeno caminhão, um veículo de passeio com quatro pessoas e uma van com seis passageiros. O último carro a se envolver no acidente foi uma Fiorino, jogada para fora da pista com o impacto da batida. O motorista da Fiorino, T.F.S., 24, também precisou ser socorrido pelos bombeiros. Das quinze pessoas envolvidas, quatro se feriram, mas ninguém corre risco de morte.

O motorista que provocou o acidente abandonou o veículo no local e fugiu. Dos doze animais que estavam no caminhão boiadeiro, três morreram na hora.






Lateral superir Giovanna
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
r�dio

Banner blog mais bella
ENQUETE
Na sua opinião, a saída do ex-prefeito Anderson Adauto do processo eleitoral deste ano:





JM FORUM
No JM o prefeito Paulo Piau disse que a atualização da tabela que reflete a valorização ou desvalorização do metro quadrado nos diversos bairros da cidade vai abalizar o IPTU para 2015. Na sua opinião, qual deveria ser o índice máximo de correção do imposto?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2014
CMIDIA