JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 19 de agosto de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

Morte de 3º detento no mesmo dia foi de causa natural, diz Seap

Duplanil Eterno Braga, 62 anos, que cumpria pena por roubo, morreu na segunda-feira (14) após sofrer parada cardiorrespiratória

- Por Renato Manfrim Última atualização: 16/05/2018 - 22:45:54.

Duplanil Eterno Braga, 62 anos, que cumpria pena na penitenciária “Professor Aluízio Ignácio de Oliveira” por roubo, morreu na segunda-feira (14) após sofrer parada cardiorrespiratória. No mesmo dia foram registradas outras duas mortes - por enforcamento - no presídio, que estão sob investigação, visto que em relação a uma delas há confissão de acusados.

Segundo informações, Duplanil passou mal por volta de 17h, quando sofria princípio de infarto. De acordo com a Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap-MG), o idoso foi encaminhado prontamente ao Núcleo de Saúde da Penitenciária, sendo que às 17h15 ele foi levado à UPA do Parque do Mirante e o óbito foi constatado às 17h45.

A direção da penitenciária, ainda segundo nota da Seap, instaurou Procedimento Interno para apurar administrativamente o fato. Como a morte foi considerada natural, a PM não registrou a ocorrência. Após o corpo de Duplanil ser encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e ser analisado por médico-legista, ele foi liberado aos familiares, sendo sepultado ontem no cemitério Nossa Senhora da Medalha Milagrosa.

Notícias Relacionadas

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia