JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 20 de abril de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

Briga de ex-casal no Jardim Marajó II termina na delegacia

Eles teriam passado o dia ingerindo bebida alcóolica e, depois, iniciaram uma discussão por conta de dinheiro

16/04/2019 - 00:00:00.

Casal discute e se agride mutuamente na rua Roberto Inácio Dias, no Jardim Marajó II, por volta das 18h deste domingo (14). Após discussão, homem, de 42 anos, e mulher de 44, são conduzidos à Delegacia de Plantão para prestarem esclarecimentos.

No local, os militares foram recebidos pela vítima e autor. Segundo a vítima, de 44 anos, seu ex-marido mora em uma fazenda e, no sábado (13), foi à residência dela para levar a importância de R$200, referente à pensão que ele paga às filhas do casal, de 6 anos e uma de 11 meses, e decidiu ficar na casa para pernoitar, com a anuência dela.

Neste domingo (14), eles passaram o dia bebendo cerveja e conversando, quando, em dado momento, pediu o dinheiro que ela carregava no bolso (o da pensão). Segundo a vítima, ela pegou uma nota de R$50 e entregou para ele, que, por sua vez, ficou insatisfeito pela quantia dada e teria “partido para cima dela”, tentando pegar à força o dinheiro que ela carregava.

Com isso, eles iniciaram uma briga, quando eles se agrediram mutuamente, ocasionando escoriação no rosto dele e no cotovelo esquerdo dela. Por fim, ela disse que foi imobilizada e ele pegou o dinheiro, além das chaves das portas da casa, e uma faca na cozinha, quando a ameaçou de morte, apontando o objeto para o peito. Ela relata ter começado a gritar e vizinhos separaram a briga. O homem teria pego a filha mais nova do casal e fugido do local, com os bens subtraídos, e a menor de 11 meses.

Por sua vez, o homem, qualificado no registro da ocorrência como autor, alega ter recebido o pagamento de um serviço feito na fazenda em que trabalha no valor de R$500, deixando R$300 referente ao pagamento da pensão. No domingo, ele estava com a ex e uma vizinha dela ingerindo bebida alcóolica, quando percebeu que faltavam R$12 e estaria dentro da casa.

Conforme o depoimento, ele começou a discutir com a vizinha, que seria usuária de drogas. Após algum tempo de discussão, ele afirma que a ex entrou na discussão, partindo para a agressão e ocasionando escoriações no cotovelo esquerdo.

Durante a discussão, a vizinha teria fugido da casa e disse que chamaria um amigo para resolver “o fato”. Temendo por sua vida, o homem disse ter se apossado de uma faca para se defender, sendo contido por terceiros, que ouviram a discussão. Neste momento, a filha menor teria começado a chorar muito e, por isso, ele a pegou no colo para acalmá-la, fugindo do local em seguida. Ele retornou após os terceiros que teriam ido em sua casa irem embora.

Os dois foram conduzidos à Delegacia de Plantão para prestar esclarecimentos.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia