JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 25 de junho de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

Número de crimes violentos contra idosos aumenta significativamente

Última ocorrência se deu ontem, quando um bando atacou senhor que seguia em sua caminhonete; muitas vezes os casos são seguidos de agressões

20/03/2019 - 00:00:00. - Por Tulio Micheli Última atualização: 20/03/2019 - 07:32:26.

Reprodução


Muitas vezes a ação de bandidos contra idosos é acompanhada de violência através de agressões físicas

Dados alarmantes apurados pela reportagem do Jornal da Manhã trazem número significativo de crimes nos quais as vítimas são pessoas acima dos 60 anos de idade. Somente nas últimas semanas a quantidade de roubos e estelionatos envolvendo a terceira idade aumentou assustadoramente.

Na maioria dos crimes de roubo, por exemplo, além de sofrer a pressão psicológica de bandidos, as vítimas também acabam sendo agredidas fisicamente, como no caso do último fim de semana, quando um senhor de 70 anos recebeu socos e chutes durante roubo no Parque das Américas.

O mais recente crime deste tipo aconteceu ontem, quando um senhor de 60 anos foi feito refém por quatro ladrões e teve a caminhonete roubada. Além do veículo, os criminosos fugiram levando celular, documentos, chaves, mercadorias e cerca de R$2,6 mil em dinheiro.

A vítima contou que seguia em caminhonete Hilux pela avenida Deputado José Marcus Cherém e, assim que passou por um quebra-molas, próximo ao cruzamento com a rua Clóvis da Cunha Prata, foi surpreendida pelo bando, sendo que dois deles estavam armados, ficando em frente da caminhonete, obrigando-o a parar.

A vítima foi transferida para o banco de trás e todos os ladrões entraram na Hilux. Um dos criminosos assumiu a direção e fugiu no sentido BR-050. Após certo tempo, ele seguiu com o veículo até um canavial na zona rural, onde os assaltantes retiraram a carga de duchas higiênicas que estava na caminhonete e passaram para outro veículo, onde também roubaram os pertences da vítima. Depois, o idoso foi colocado nesse outro veículo e abandonado na AMG-2595 (antiga avenida Filomena Cartafina).

Em uma semana, oito pessoas da terceira idade foram vítimas de golpes na cidade 

Outro dado que chama a atenção entre os crimes tendo a terceira idade como alvo é que, somente na semana passada, oito idosos caíram em golpes de estelionatários. As vítimas, muitas delas inocentes e desinformadas, caíram nos golpes do cartão clonado, do filho sequestrado e do carro estragado na estrada. 

O comando da Polícia Militar afirma que as equipes de inteligência já trabalham na tentativa de diminuir este tipo de crime, porém existem alguns fatores que dificultam a identificação e localização dos criminosos. Em quase todos os casos os idosos recebem ligações em seus respectivos telefones residenciais, não sendo possível sequer identificar a origem da ligação. 

A reportagem sugere que filhos, netos e outros parentes orientem os pais ou avós que, possivelmente, morem sozinhos. O conhecimento de tais informações pode diminuir a incidência e facilitar a localização dos criminosos.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia