JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 17 de junho de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ESPORTE

Cruzeiro e Chape se enfrentam por fim de má fase no Brasileiro

Time celeste tenta encerrar jejum de cinco partidas sem vitórias na temporada

26/05/2019 - 00:00:00. - Por Folhapress Última atualização: 26/05/2019 - 09:31:55.

Vinnicius Silva/Cruzeiro


Poupado no último jogo, Fábio reassume posição no gol do Cruzeiro

Cruzeiro e Chapecoense se enfrentam neste domingo (26), a partir das 19h, na Arena Independência, buscando dar fim a uma sequência instável no Campeonato Brasileiro. Em cinco rodadas da competição, os dois times acumularam três derrotas cada. As mais expressivas delas ocorreram no último fim de semana. O time celeste foi goleado pelo Fluminense, por 4 a 1, no Rio. Já a Chape perdeu em casa, para o Fortaleza, por 3 a 1. 

O desempenho parecido se reflete na tabela. A equipe de Belo Horizonte encerrou a rodada anterior na 15ª posição, com seis pontos. Logo atrás aparecia o time alviverde, com quatro pontos. Os adversários se encontram agora após uma semana livre de compromissos.

"Certamente, vamos sair dessa situação de dificuldade. Acredito que essa fase já passou. Tivemos uma semana de treinamento intenso, tenho certeza que vamos fazer um grande jogo", disse o lateral-esquerdo Egídio.

Ney Franco, comandante do time catarinense, adotou discurso similar ao dos mineiros "A equipe tem que jogar mais. Tivemos um tropeço e agora é trabalhar para dar uma resposta melhor ao torcedor", afirmou.

O treinador alviverde segue sem contar com o goleiro Vagner, que rompeu o ligamento do joelho. Quem volta ao time é o meia Gustavo Campanharo, desfalque na partida anterior por dores musculares.

Do lado mineiro, Mano Menezes é reforçado pela volta do goleiro Fábio, que foi poupado do último jogo, mas não poderá contar com o lateral-direito Orejuela, que sofreu lesão no menisco do joelho esquerdo - o substituto será Edílson.

Cruzeiro. Fábio; Edílson, Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Lucas Romero, Robinho, Rodriguinho e Pedro Rocha; Fred. T.: Mano Menezes 

Chapecoense. Tiepo; Caíque Sá, Gum, Douglas e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Elicarlos e Campanharo; Arthur Gomes, Rildo e Everaldo. T.: Ney Franco.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia