JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 23 de setembro de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ESPORTE

CBF deixa de molho trio que atuou em Vitória e Flamengo

A entidade considerou os erros do Barradão fora do comum e, diante da gravidade, tomou a decisão

Última atualização: 16/04/2018 - 07:42:35.

Foto/Divulgação


Vitória e Flamengo fizeram um jogo, em Salvador, com muitas polêmicas de arbitragem

De acordo com o site de notícias UOL, a Comissão de Arbitragem da CBF decidiu afastar o trio de arbitragem de Vitória x Flamengo de jogos da primeira divisão do Campeonato Brasileiro. O juiz Wagner Reway e os auxiliares Fábio Rodrigo Rubinho e Marcelo Grando passarão por uma chamada ''reorientação'. Com isso, farão jogos da segunda divisão.

A entidade considerou os erros do Barradão fora do comum e, diante da gravidade, tomou a decisão. “Eles vão passar por um trabalho de reforço, orientação. Vamos observar em jogos da Série B. Se estiverem no nosso padrão, podem e devem voltar”, explicou o Coronel Marcos Marinho, chefe da comissão de arbitragem da CBF.

No empate em 2 a 2 do Barradão, o juiz expulsou Éverton Ribeiro e marcou pênalti no começo do jogo após enxergar que o atleta usou as mãos para impedir o gol do Vitória. A bola, no entanto, bateu no rosto do camisa 7 do Flamengo. No segundo tempo, o trio validou um gol impedido do time carioca.

Na súmula, o juiz reforçou que viu mão na jogada. Após o jogo, dirigentes do Flamengo reclamaram muito da situação, lembrando que a equipe teve de atuar com um jogador a menos por 80 minutos - além de ter um pênalti contra quando vencia o confronto. 

Notícias Relacionadas

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia