JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 19 de setembro de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ESPORTE

Uberaba SC define preço do ingresso e divulga mudanças no trânsito no entorno do Uberabão

Gestor de Futebol do clube, Luiz Medina conversou com a reportagem e explicou as mudanças para o jogo de sábado

- Por Tulio Micheli Última atualização: 22/02/2018 - 07:29:27.

Luiz Medina garante que todas as mudanças são para o bem do USC no Campeonato Mineiro

Perto de fazer sua estreia em casa, o Uberaba Sport Club se prepara para encarar o Mamoré, no próximo sábado (24), no Uberabão, a partir das 18h30. A reportagem conversou na tarde de ontem com o gestor de futebol do clube, Luiz Alberto Medina, que alertou o torcedor para algumas mudanças que acontecem na atual temporada. Segundo ele, todas elas são para o bem do USC no Campeonato Mineiro.

Ingresso. O valor do ingresso já foi definido pela atual diretoria. Segundo Luiz Medina, o valor cobrado será de R$ 40 a inteira e R$ 20, a meia. “Já definimos o preço do ingresso e esse ano o torcedor já vai notar uma grande diferença. O preço da inteira é R$ 40, porém vamos vender apenas as meias-entradas. Sendo assim, o ingresso passa a ter valor único, ou seja, R$ 20. Com isso, o Uberaba beneficia o seu torcedor e também espera um bom público no estádio”, explicou Medina.

Trânsito. As ruas de acesso ao estádio Uberabão também irão sofrer alterações. Trecho do entorno do estádio será fechado, não permitindo que veículos transitem pelo local. Luiz Medina explicou a nova determinação. “Os veículos não poderão mais entrar no entorno do estádio. O trânsito será fechado em frente ao prédio da Justiça Federal e só será liberado após o portão que dá acesso aos ônibus no estádio. Com isso, o estacionamento no local também será proibido. Isso será realizado para facilitar a chegada do torcedor ao Uberabão”, explicou.

Outra mudança envolve os vendedores ambulantes que comercializam produtos do lado de fora do estádio. Segundo o gestor de futebol, todos eles têm até a próxima semana para se regularizarem junto a Prefeitura Municipal. Caso a situação não seja regularizada, os mesmos correm o risco de não participar do próximo jogo em que o Colorado atue em casa. A intenção é tornar legal o comércio de bebidas e outros produtos do lado de fora do estádio.

Bares serão de responsabilidade da Funel

O torcedor que for acompanhar o duelo do próximo sábado também irá perceber algumas mudanças no interior do estádio. A primeira delas são as cadeiras que foram instaladas recentemente. Exatos 3.350 assentos foram distribuídos nas arquibancadas com a intenção de oferecer mais conforto ao torcedor.
Torcida Furacão. A principal torcida do Uberaba Sport tem o histórico de se posicionar logo abaixo das cabines de transmissão. Sobre isso, Medina garantiu que já foi explicado aos líderes da TOFC que eles devem procurar outro espaço que não seja em cima das cadeiras. “Sabemos que os torcedores gostam de pular, ficar em pé e gritar muito incentivando o USC. Portanto, entramos num acordo com eles que vão procurar outro espaço que seja fora das cadeiras”, enfatizou o gestor.

Bares.
Luiz Medina também informou à reportagem que os bares do interior do estádio são, impreterivelmente, de responsabilidade da Fundação Municipal de Esporte e Lazer – Funel. Ele explicou essa nova alternativa. “Fizemos uma parceria com o Uberaba Sport. A Funel irá disponibilizar o ônibus e o motorista para todas as viagens do USC no Campeonato Mineiro. Em contrapartida, o clube cedeu os direitos de comercialização nos bares dentro do estádio para a Funel. Foi uma maneira que encontramos para que as viagens deixem de ser um problema para o Colorado”, explicou Luiz Medina, que também é presidente da Funel.

Reforços.
Para finalizar, o gestor de futebol falou sobre reforços. Segundo ele, o clube ainda procura por um camisa 10. “Estamos procurando um bom meia-esquerda que possa chegar e resolver a situação do time dentro de campo. Já estamos contatando algumas opções e nas próximas horas já podemos ter alguma novidade”, finalizou. 

Notícias Relacionadas

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia