Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
ARTICULISTAS
Tamanho do texto: A A A A
Maria Aparecida Alves de Brito - 06/12/2013

Direitos no trnsito

Compartilhar:

Ontem foi o dia em que meu filho teve o seu automóvel abalroado, em uma rotatória, diga-se de passagem não tão movimentada, por um caminhão que não obedeceu o aviso de PARE. Mas isso não é de se estranhar, pois aqui os motoristas batem uns nos outros nos locais mais improváveis. Penso que em Uberaba são poucas as pessoas que não têm uma história envolvendo o trânsito para contar. Trânsito assassino, violento, desrespeitoso, para uma cidade de porte médio como a nossa. Fico me perguntando aonde vão com tanto afoito e pressa estes supostos motoristas, não respeitando o direito de ir e vir do cidadão que como ele está ou não no comando de um veículo. Grande é o contingente de ciclistas, motociclistas, crianças e pedestres que todos os dias se veem à mercê de pessoas que não têm o mínimo preparo, a menor compreensão e discernimento para estarem dirigindo um veículo, competências essas necessárias para considerar alguém habilitado. Praticar um trânsito humanitário, pautado na manutenção e preservação da vida tem sido o desejo da minoria que transita pelas ruas da cidade. A cada ano, campanhas em prol de um trânsito menos violento são feitas, barreiras para diminuir a velocidade são colocadas, radares instalados, mas nada disso resolve. Comprar uma carteira de motorista, qualquer um pode comprar, mas bom senso, solidariedade, gentileza e conhecimento, cultura, os que valorizam a vida, isto não é pra qualquer um. Quero agradecer aos policiais militares que tão prontamente, profissionalmente e gentilmente orientaram o motorista do caminhão (homem simples e muito educado) e ao meu filho, dando toda assistência aos dois.
 

(*) Pedagoga, especialista em Educação Especial




San Marco - 13jul
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
SINTONIZE

ENQUETE
Voc acredita que o problema de emisso de Carteiras de Trabalho ser resolvido com o apoio do Sine Municipal, que passar a emitir o documento possivelmente ainda neste ano?




JM FORUM
Diante do crescente nmero de moradores de rua e com o fechamento do albergue municipal, a Seds lana nova etapa de poltica de resgate. Na sua opinio, como a situao de rua pode ser revertida em Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018