JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 22 de fevereiro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Se lambuzar é bom

É possível comer, ou chupar, uma manga de vários modos. Sente-se à mesa, pegue um garfo, uma faca

10/02/2019 - 00:00:00. - Por Renato Muniz Barretto de Carvalho

É possível comer, ou chupar, uma manga de vários modos. Sente-se à mesa, pegue um garfo, uma faca, um prato e a própria fruta, é claro! Em seguida, com a faca afiada, retire a casca, corte a manga em fatias, separe o caroço e aproveite como e o quanto quiser. Outra opção é ir até um pomar ou a um quintal qualquer, escolher a variedade de sua preferência e apanhar a manga escolhida. Tomara que não esteja muito alta, do contrário isso vai te exigir certa habilidade na arte de dar pedradas ou equilibrar varas longas de bambu. Apanhe as mangas maduras disponíveis e junte todas num canto do terreno. Geralmente, as pessoas costumam apanhar mais do que dão conta de comer, não é? 

Debaixo da sombra de uma árvore frondosa, delicie-se! Saiba que a bagunça será grande, nem sempre haverá uma faca disponível, um guardanapo, um pratinho... Descasque com os dentes, mas cuidado com as fibras. Nessas horas ninguém vai se incomodar com a bagunça, e você certamente vai ficar com a boca lambuzada. Manchas amarelas vão marcar sua blusa, e, em alguns casos, o caldo pode escorrer pelo pescoço. A sensação é tão boa que muita gente diz que não tem comparação: frutas têm de ser apreciadas no pé! Jabuticaba, por exemplo! Se há um pé carregado com as famosas bolinhas pretas no ponto de comer, não tem tempo ruim. As horas passam e a gente nem percebe. Leve um balde de jabuticaba pra casa e a sensação não é a mesma. Vai entender! 

Agora, imagine as seguintes situações: i) a escola mandou você ler um livro; ii) aquela amiga, que vive dando bola fora, insiste pra você ler um livro que ela própria não gostou de ler; iii) o colega do trabalho resolveu te presentear com um livro sem saber o tipo de leitura que te agrada etc. Você vai ler com gosto? Ora, livros, como as frutas, não devem ser degustados sempre da mesma maneira. Não é o caso de forçar a barra, de criar comparações absurdas, mas, com um livro a sensação é a mesma, ou parecida. É a tal história, muita gente não vai se sentir bem se tiver de comer uma manga sem os talheres e vice-versa.  

Escolha um livro que te interessa, que te chamou a atenção por um motivo qualquer, seja por conta do autor, da capa, do assunto etc., e corra com ele até um lugar sossegado, sem ninguém para atrapalhar ou interromper sua leitura. Leia até cansar, mas volte à leitura desejando não acabar nunca, com vontade de chegar ao fim. Contraditório? Com certeza, mas por que não? A vida é assim! Com frutas ou livros, o melhor é ler e comer com vontade. Se conseguir se lambuzar, melhor ainda! É o que se chama prazer da leitura. Aproveite!

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia