JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 12 de dezembro de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ARTICULISTAS

Professor Danival – Conclusão

No Zezão, além dos componentes curriculares, ainda se aprende a ser gente, aprende música

08/08/2018 - 00:00:00. - Por Flamarion Batista Leite

No Zezão, além dos componentes curriculares, ainda se aprende a ser gente, aprende música, aprende teatro. Eu poderia escrever um livro, mas isso é só um pequeno artigo para homenagear um EDUCADOR com letra maiúscula, um ser humano admirável. 

Um pai humilde levou o seu filho ao Colégio e pediu o Professor Danival uma bolsa de estudo. O mestre disse ao pai que iria conceder, mas que seu filho não poderia tirar menos que a nota sete. O pai retrucou que o filho não tiraria menos que sete (sem consultar o filho). O aluno não só não tirou menos que sete como foi convidado por ele para ser monitor e depois professor do Colégio. Quando esse aluno terminou os estudos e quis fazer a inscrição para o vestibular, o Professor Danival não só o incentivou como também pagou a inscrição para esse pobre rapaz, que não tinha condições financeiras de arcar com essa despesa. Esse aluno, depois de formado em uma faculdade, tornou-se diretor de uma grande Empresa Pública em Uberaba. Alguns podem pensar que ele foi muito mal e exigiu muito do aluno, mas ele só queria o crescimento daquele adolescente. Como esse, existem diversos outros casos, mas vou citar só esse.

Se não bastasse tudo isso, o Professor Danival cursou Engenharia Civil e, logo depois, assumiu a direção na Faculdade de Engenharia da então Fiube, hoje Uniube, e levou com ele vários professores do seu Colégio, os quais ele moldou e conhecia muito bem.

Em 1995, inaugura a Casa do Caminho, que ele construiu com a ajuda da comunidade do ZEZÃO, discentes, docente, funcionários e pais de alunos. A Casa do Caminho atende doentes com Aids, que, na época da construção, ainda eram muito discriminados.

O Professor Danival é casado com a Professora Mariluce Cardoso Alves, seu braço direito e esquerdo no ZEZÃO, e o casal teve três filhos: Guilherme, Valquíria e Valéria. Todos eles são médicos de grande conceito na sociedade uberabense.

Professor Danival, seus filhos, netos e bisnetos, quando você os tiver, terão orgulho do senhor por tudo que você fez pela EDUCAÇÃO e FILANTROPIA para Uberaba e toda a região. E não se esqueça: o seu GENE ficará para sempre no ZEZÃO. 

(*) Foi diretor da Escola de Química e Agrimensura de Uberaba, de 1970 até 2014; foi presidente da Aciu no biênio 92-93; foi professor das Faculdades Pestalozi em Franca, Fazu e Fista em Uberaba e dos Colégios Diocesano e Nossa Senhora das Dores em Uberaba e Dom Bosco e Dom José Gaspar em Araxá

 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia