Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
ARTICULISTAS
Tamanho do texto: A A A A
Mrcia Moreno Campos - 18/03/2018

A aventura do pedestre

Compartilhar:

Nada como exercício físico para manter a saúde. E entre as práticas prescritas, uma das mais recomendadas é caminhar. Resolvi aderir. Porém não me limitei a caminhadas ao redor da praça perto de onde moro ou em locais destinados a esse fim. Decidi me aventurar por caminhos mais longos e percorrer as ruas da minha cidade, o que tem se revelado um verdadeiro desafio. Já na descida do morro desvio de um buraco fundo na calçada capaz de causar fraturas nos desatentos. Caminho olhando para o chão para evitar quedas, e aos poucos começo a me desviar de cascas de bananas, sacos plásticos, garrafas pets, copos descartáveis, e até caroço de manga já encontrei nas minhas caminhadas. Prova de que o ser humano pouco evoluiu e ainda confunde ruas e calçadas com caçambas de lixo. Uma vergonha. Outro risco do pedestre vem de algumas motos que passam rentes à calçada, em alta velocidade, e não hesitariam em levar com elas um pé, que, descuidado, tentasse atravessar a rua. Toda atenção é pouca. Falar ao celular, nem pensar... e o medo de ser assaltada! Vou rezando baixinho, respeitando as faixas e enquanto espero o sinal abrir, observo minha cidade.

Constato tristemente que não há o que se admirar. Uberaba se tornou uma cidade feia, sem charme, displicente com o cidadão. Falta um toque de cuidado, de arte, de carinho. Secretários das áreas pertinentes deveriam percorrer as ruas, numa troca oportuna do conforto dos gabinetes pelas reclamações e sugestões dos transeuntes. Uberaba está sufocada pelo BRT. Rasgaram-se avenidas, cortaram-se árvores, destruíram comércios, proibiram estacionar, sacrificando motoristas e pedestres. Nasceu daí uma nova filosofia que garante ônibus rápidos, carros quase parados e pedestres confusos e sem lugar. Todos precisam ser contemplados em seus meios de ir e vir.

Para desafogar o trânsito das grandes cidades é preciso dar mais atenção a quem anda a pé, foi a conclusão de especialistas em um recente seminário para se discutir o tema. Uberaba não é uma grande cidade, mas se todos quisessem, juntos, a vida do pedestre seria mais amena. Exigir calçadas decentes, promover campanhas de conscientização do povo sobre lixo nas ruas, varreduras e capinas constantes e mais atenção à estética são medidas simples e eficazes. O ato de caminhar tem que ser prazeroso e seguro e não uma aventura incerta.




San Marco - 13jul
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
SINTONIZE

ENQUETE
Voc acredita que o problema de emisso de Carteiras de Trabalho ser resolvido com o apoio do Sine Municipal, que passar a emitir o documento possivelmente ainda neste ano?




JM FORUM
Diante do crescente nmero de moradores de rua e com o fechamento do albergue municipal, a Seds lana nova etapa de poltica de resgate. Na sua opinio, como a situao de rua pode ser revertida em Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018