JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 10 de dezembro de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ARTICULISTAS

Frei Luís, fidelidade ao carisma dominicano

missão dominicana está pautada na pregação, na vivência e testemunho da Verdade cotidianamente

- Por Maria de Lourdes Leal dos Santos Última atualização: 10/03/2018 - 19:43:09.

A missão dominicana está pautada na pregação, na vivência e testemunho da Verdade cotidianamente. Uma exigência que nos remete a história de vida de São Domingos e o legado que imprimiu na Ordem que fundou. São Domingos inovou ao criar uma comunidade de homens pobres, porém intelectualmente qualificados para enfrentar as polêmicas de sua época, e espiritualmente contemplativos, para que o anúncio da Palavra brotasse, não de sofismas ou jogos dialéticos, mas do coração simples e embebido da presença amorosa de Cristo. Questionava a Igreja das abadias, fechadas em seus claustros e propunha comunidades na periferia dos centros urbanos que emergiam com o capitalismo. Propôs uma nova família religiosa que vivesse livre das teias de propriedades e bens que mais aprisionam que libertam, e voltassem para o efetivo compromisso com os empobrecidos à luz da espiritualidade dominicana.

Assim, ao longo dos 800 anos, os frades dominicanos testemunham este despojamento e opção preferencial pelos excluídos, por aqueles que estão à margem e clamam por libertação. Aqui, em Uberaba, temos inúmeros exemplos de frades que marcaram nossa história de vida, de luta, de resistência, de aprofundamento na fé e na busca de uma sociedade igualitária. Hoje, em especial, fazemos alusão a Frei Luís Antonio Alves, pároco da Igreja de São Domingos que durante anos assumiu a missão no convento como pároco e pastor da comunidade cristã. Inúmeras conquistas e reavivamento de pastorais foram feitas com seu empenho e dedicação. Não mediu esforços em fortalecer e dinamizar a Família Dominicana em Uberaba, agregando valores e iniciativas nos retiros e encontros de religiosos, leigos e paroquianos. Nas comemorações dos 800 anos da Ordem mobilizou-se para dar visibilidade ao carisma e cativar novas vocações. Muitos foram os desafios, porém os frutos são maiores, pois tudo foi feito com amor. Um marco de sua gestão foi o resgate e reinauguração da Casa do Rosário, um marco na história dos dominicanos: um espaço de cultura, de encontros de formação, de partilha e acolhimento. Frei Luís, como todo dominicano, é itinerante, obediente aos chamados de Deus, está partindo para novos desafios e conquistas, no Rio de Janeiro, junto ao convento no Leme. Sentiremos sua falta, entretanto, somos gratos por tantas obras realizadas, por tantas sementes lançadas e cultivadas, por amigos que cativou nestes anos. Somos eternamente gratos e confiantes que onde ele estiver estará fazendo o melhor, pois sua vida revela a coerência e fidelidade ao carisma dominicano.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia